Ronald Martinez / AFP
Ronald Martinez / AFP

Warriors derrota o Cavaliers com cesta de 3 de Durant e fica a um triunfo do título

Equipe californiana ainda não perdeu nenhuma partida desde o início dos playoffs

Estadão Conteúdo

08 de junho de 2017 | 08h58

Contratado com a missão de liderar o Golden State Warriors nesta temporada, Kevin Durant não decepcionou. Ele acertou um arremesso decisivo na noite de quarta-feira e deixou o seu time a um passo da "varrida", da vingança, de uma pós-temporada perfeita e do título da NBA.

Durant acertou um arremesso de três a 45s3 do final e totalizou 31 pontos na vitória do Warriors por 118 a 113 sobre o atual campeão Cleveland Cavaliers, fora de casa, abrindo vantagem de 3 a 0 na decisão da NBA.

"Tudo o que eu buscava é que a bola entrasse", disse Durant. "Eu trabalhei toda a minha vida por esse arremesso. Quando vi que entrei, me senti livre. Nos falta uma partida".

O Warriors estava em desvantagem de seis pontos quando faltavam três minutos. Foi, então, quando Durant, que trocou o Oklahoma City Thunder para ajudar o Warriors a dar o passo que faltou na final do ano passado, tomou o controle da situação. Ele anotou 14 pontos no último quarto.

"Ele assumiu", disse o técnico do Warriors, Steve Kerr. "Você pode adivinhar que ele sabia que este era o seu momento. Tem sido um jogador fantástico na liga por um longo tempo, mas ele sente que esta é a sua oportunidade, o seu momento e sua equipe."

Com a 15ª vitória consecutiva na pós-temporada, o Warriors ostenta a melhor sequência da história nas quatro principais ligas dos Estados Unidos. E se ganhar o quarto jogo, marcado para sexta-feira em Cleveland, exorcizará os demônios do ano passado, quando desperdiçou uma vantagem de 3 a 1 na final contra o Cavaliers, que tentará se tornar a primeira equipe a reverter uma vantagem de 3 a 0.

Klay Thompson marcou 30 pontos e Stephen Curry somou 26 pelo time da Califórnia, agora a um passo de conquistar o seu segundo título em três anos. LeBron James superou um duro golpe no queixo para marcar 39 pontos, enquanto Kyrie Irving acrescentou 38 para o Cavs, que assumiu a liderança por 113 a 107 com 3min09 para o fim, com um arremesso de três de J.R. Smith.

Depois disso, Curry converteu uma bandeja, enquanto LeBron e Irving falharam pelo Cavaliers. Durant, então fez uma cesta, seguida pelo erro de Kyle Korver em um arremesso de três. Aí, com o placar em 113 a 111 para o Cavaliers, Durant converteu o disparo de três que será lembrado como um dos grandes momentos dos playoffs desta temporada.

Com o Warriors liderando por 114 a 113, Irving errou um arremesso de três pelo Cavaliers. E o time de Oakland sacramentou a sua vitória ao converter quatro tiros livres nos últimos 12s9, assegurando o triunfo por 118 a 113.

Assim, após vencer os dois primeiros jogos com uma diferença total combinada de 41 pontos como mandante, o Warriors teve que lutar durante 48 minutos para vencer em Cleveland. Batido, o Cavaliers terá que encontrar forças para evitar a "varrida" por uma equipe sem debilidades claras.

"Eu acho que a nossa equipe competiu e se esforçou", disse o técnico Tyronn Lue. "Eu não posso ficar decepcionado com este esforço, mas eles fizeram as jogadas na reta final e nós não executamos bem no ataque e na defesa. Eles se aproveitaram", conclui o comandante do Cavaliers.

Encontrou algum erro? Entre em contato

Comentários

Os comentários são exclusivos para assinantes do Estadão.

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.