EFE/ Kyle Terada
EFE/ Kyle Terada

Warriors abrem 2 a 0 sobre o Rockets e Bucks empatam série com os Celtics

Atuais bicampeões da liga de basquete dos Estados Unidos estão perto de mais uma final da Conferência Oeste

Redação, Estadão Conteúdo

01 de maio de 2019 | 09h46

O Golden State Warriors voltou a aproveitar o fator quadra ao vencer o Houston Rockets por 115 a 109, na noite desta terça-feira, em Oackland, e abriu 2 a 0 sobre o rival na série melhor de sete partidas das semifinais da Conferência Oeste da NBA.

Os atuais bicampeões da liga de basquete dos Estados Unidos já haviam aberto este embate dos playoffs com um triunfo conquistado no último domingo. Desta forma, a equipe terá a chance de ficar a um triunfo da decisão desta conferência se bater novamente o rival, no próximo sábado, fora de casa, no jogo 3 entre os times.

Para abrir vantagem sobre os Rockets, os Warriors contaram com mais uma boa atuação de Kevin Durant, cestinha do duelo ao lado de James Harden, da equipe visitante, com 29 pontos cada. Klay Thompson foi o segundo maior destaque ofensivo dos donos da casa, com 21 pontos, enquanto Stephen Curry colaborou com mais 20 e Andre Iguodala marcou 16.

Draymond Green, por sua vez, foi outro nome que se destacou pelos mandantes ao emplacar um "double-double" de 15 pontos e 12 rebotes, sendo que ainda contabilizou sete assistências. PJ Tucker, com 13 pontos e dez rebotes, e Clint Capela, com 14 pontos e dez rebotes, também terminaram o duelo com dois dígitos em dois fundamentos pelo time de Houston, mas não tiveram como evitar nova derrota para o poderoso rival.

Chris Paul, com 18 pontos, foi o segundo principal nome dos Rockets na parte ofensiva. E ele sabe que o seu time precisará ser mais eficiente no ataque no terceiro duelo da série, em Houston, para poder aumentar as suas chances de desbancar o favoritismo dos Warriors nesta semifinal do Oeste.

Vale destacar o fato de que Harden teve um desempenho oscilante na partida desta terça, embora tenha sido um dos cestinhas do duelo. Ele foi atrapalhado por uma pancada no rosto sofrida já no primeiro quarto do confronto, fato que o obrigou a deixar a quadra antes de voltar pouco depois. No mesmo período do jogo, Curry também precisou ir para o vestiário após deslocar dois dedos na mão esquerda. Já o pivô brasileiro Nenê atuou por apenas quatro minutos pelos Rockets, não pontuou e somou apenas um rebote.

BUCKS ARRASAM

Em outro duelo realizado na noite de terça-feira pelos playoffs da NBA, o Milwaukee Bucks também fez valer o fator casa ao atropelar o Boston Celtics por 123 a 102. Com o resultado, a equipe empatou por 1 a 1 a série melhor de sete partidas desta semifinal da Conferência Leste.

O próximo embate entre os dois times será na sexta-feira, em Boston, onde os mandantes tentarão reagir depois de terem sido arrasados nesta última partida. Dominante, a equipe de Milwaukee terminou o terceiro quarto do jogo com 25 pontos de vantagem sobre os visitantes, que no último domingo haviam surpreendido o time de melhor campanha na temporada regular da NBA com uma vitória por 112 a 90, também na casa dos Bucks, no duelo que abriu esta série dos playoffs.

Para reagir de forma expressiva nesta terça-feira, o time de Wisconsin foi liderado por grandes atuações de seus principais nomes. Giannis Antetokounmpo foi cestinha do jogo, com 29 pontos, e ainda apanhou dez rebotes e deu quatro assistências. Já Khris Middleton veio logo atrás, com 28 pontos, e brilhou ao encestar sete das 20 bolas de três pontos convertidas pela equipe, um recorde da franquia. Eric Bledsoe, com 19 pontos, foi outro nome importante no triunfo.

Os Celtics foram massacrados principalmente no terceiro período do jogo, no qual os anfitriões somaram 39 pontos e os visitantes apenas 18. E a equipe de Massachusetts não contou com nenhum grande destaque ofensivo - o seu maior pontuador foi Marcus Morris, com apenas 17.

Os playoffs da NBA seguem nesta quarta-feira com o duelo entre Denver Nuggets e Portland Trail Blazers, às 22 horas (de Brasília), onde os donos da casa tentarão abrir 2 a 0 nesta série válida pelas semifinais da Conferência Oeste.

Encontrou algum erro? Entre em contato

Tendências:

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.