Michael Reynolds/Efe
Michael Reynolds/Efe

Washington, de Nenê, leva virada dos Pacers e se complica na NBA

Equipe da capital chega a abrir 19 pontos de vantagem até ser superado no fim do jogo

Agência Estado

12 de maio de 2014 | 09h01

WASHINGTON - O Washington Wizards tinha tudo para vencer na noite deste domingo. Jogava em casa, empolgava a torcida e abria até 19 pontos de vantagem contra o Indiana Pacers, pelos playoffs da NBA. Mas a equipe de Nenê vacilou no último quarto e, diante da grande atuação de Paul George, cedeu a virada e foi derrotado por 95 a 92.

O revés custou caro ao time, que agora pode ser eliminado das semifinais da Conferência Leste já no próximo jogo, nesta terça-feira, fora de casa. Com o triunfo, o Indiana Pacers abriu 3 a 1 na série melhor-de-sete jogos e ficou perto da vaga na decisão.

Para tanto, os visitantes contaram com noite inspirada de Paul George. Ele foi cestinha da partida, com 39 pontos, e ainda contribuiu com 12 rebotes e mostrou eficiência nos arremessos de três pontos. Foram sete acertos.

Nesse ritmo, George comandou a virada a partir do terceiro quarto, quando o Washington tinha até 19 pontos de frente no placar. Enquanto Bradley Beal e Trevor Ariza caíam de rendimento, George crescia e motivava os companheiros Roy Hibbert, autor de 17 pontos, e George Hill, com 15.

A virada veio quando faltavam apenas 1min47s para o fim do jogo. O Indiana fez 92 a 91 e ainda teve tempo para abrir três pontos de vantagem antes do fim. Focado na marcação, Nenê teve atuação discreta. Mas contribuiu com 10 pontos e três assistências nos 24 minutos em que esteve em quadra. O cestinha do time da casa foi Beal, com 20. Ariza anotou 16.

Encontrou algum erro? Entre em contato

Comentários

Os comentários são exclusivos para assinantes do Estadão.

Tendências:

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.