Westbrook anota o seu 10º 'triple-double' e Thunder supera o Heat

Faltando menos de um mês para o fim da temporada regular da NBA, a disputa pela oitava vaga nos playoffs, entre Oklahoma City Thunder e Phoenix Suns anima a Conferência Oeste. Na rodada deste domingo, as duas equipes venceram. O Thunder mostrou sua força ao ganhar do Miami Heat por 93 a 75, com mais um show de Russell Westbrook, enquanto o Suns fez 98 a 92 no Dallas Mavericks. Ambos chegaram à sétima vitória nos últimos 10 jogos.

Estadão Conteúdo

23 Março 2015 | 09h05

Em Oklahoma City, Westbrook, candidato ao posto de MVP da temporada regular, voltou a brilhar, desta vez com seu segundo ''triple-double'' seguido, o décimo da temporada: 12 pontos, 10 rebotes e 17 assistências - nesta última estatística, bateu o recorde da carreira. Mais importante que isso: ele parou o astro do time da Flórida, Dwyane Wade, que só acertou seis de 16 arremessos de quadra.

O cestinha do jogo foi ala Enes Kanter, que anotou 27 pontos para o Thunder, sendo 15 apenas no primeiro quarto, enquanto o novato Mitch McGary saiu do banco para colaborar com outros 14.

A vitória fez o Thunder chegar a 57,1% de aproveitamento, com 40 vitórias e 33 derrotas, enquanto o Suns foi a 53,5%, com 38 triunfos e 33 revezes. O New Orleans Pelicans também briga, mas não vem em boa fase. Neste domingo, perdeu de 107 a 100 para o Los Angeles Clippers, fora de casa, chegando à 33.ª derrota, contra 37 vitórias. A temporada regular tem 82 partidas.

SPLITTER CESTINHA

Atual campeão, o San Antonio mostrou força. Brigando intensamente pelo terceiro posto no Oeste (cinco times têm entre 44 e 46 vitórias), o Spurs confirmou o bom momento ao ganhar do líder do Leste, o Atlanta Hawks, por 114 a 95, na casa do adversário.

E a vitória veio na melhor atuação de Tiago Splitter na temporada. O pivô brasileiro, que vem ficando mais no banco do que em quadra, anotou 23 pontos e foi cestinha do Spurs. MVP das finais do ano passado, Kawhi Leonard também foi bem, com 20 pontos e 10 rebotes.

Também neste domingo, o Cleveland Cavaliers deu mais um passo para ficar com a segunda posição do Leste ao ganhar do Milwaukee Bucks por 108 a 90, fora de casa. LeBron James teve ''double-double'', de 28 pontos e 10 rebotes.

Seu rival pela vice-liderança na conferência, entretanto, também venceu. Em casa, o Toronto Raptors ganhou do New York Knicks por 106 a 89. Demar DeRozan fez 23 pontos, foi o cestinha dos canadenses, mas com ele em quadra os nova-iorquinos equilibraram a partida. Já o brasileiro Bruno Caboclo voltou a jogar após quase 50 dias. Em 1min35s, só tentou um arremesso, errado.

No TD Garden, o Boston Celtics vacilou ao perder para o Detroit Piston por 105 a 97, após uma prorrogação. Com 30 vitórias e 39 derrotas, a tradicional equipe de Boston chegou ao terceiro revés seguido, no nono lugar do Leste, agora com uma derrota a mais que o Charlotte Bobcats, que fez 109 a 98 no Minnesota Timberwolves, fora de casa.

Em Los Angeles, o astro Jeremy Lin finalmente brilhou, saindo do banco para anotar 29 pontos e comandar a vitória do Lakers sobre o Philadelphia 76ers por 101 a 87. Já o Washington Wizards perdeu em casa do Sacramento King por 109 a 86, com 11 pontos e seis rebotes do brasileiro Nenê.

Confira os resultados deste domingo na NBA:

Milwaukee Bucks 90 x 108 Cleveland Cavaliers

Oklahoma City Thunder 93 x 75 Miami Heat

Atlanta Hawks 95 x 114 San Antonio Spurs

Los Angeles Clippers 107 x 100 New Orleans Pelicans

Toronto Raptors 106 x 89 New York Knicks

Sacramento Kings 109 x 86 Washington Wizards

Boston Celtics 97 x 105 Detroit Pistons

Orlando Magic 100 x 119 Denver Nuggets

Minnesota Timberwolves 98 x 109 Charlotte Hornets

Phoenix Suns 98 x 92 Dallas Mavericks

Los Angeles Lakers 101 x 87 Philadelphia 76ers

Acompanhe os jogos desta segunda-feira na NBA:

Indiana Pacers x Hostou Rockets

Brooklyn Nets x Boston Celtics

New York Knicks x Memphis Grizzlies

Chicago Bulls x Charlote Hornets

Utah Jazz x Minnesota Timberwolves

Golden State Warriors x Washington Wizards

Encontrou algum erro? Entre em contato

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.