Nick Wass/AP
Nick Wass/AP

WNBA suspende jogadora por dez jogos sob acusação de violência doméstica

Ala Riquna Williams, do Los Angeles Sparks, foi detida por fazer ameaça com arma de fogo

Redação, Estadão Conteúdo

17 de julho de 2019 | 11h50

A ala Riquna Williams, do Los Angeles Sparks, foi suspensa por dez jogos pela WNBA, a principal liga de basquete dos Estados Unidos, equivalente a quase um terço da temporada, por um incidente de violência doméstica.

Williams foi detida em 29 de abril e acusada de dois crimes, um envolvendo uma mulher com quem ela estava em um relacionamento e o outro sobre uma ameaça a outra pessoa com uma arma de fogo. O caso está em andamento na Justiça.

A WNBA disse que conduziu sua própria investigação, incluindo depoimentos de Williams e várias testemunhas, e consultou um painel de especialistas em violência doméstica. Entre outros fatores, a liga explicou ter levado em conta a natureza e a gravidade das acusações, incluindo o envolvimento de uma arma.

"Como uma organização, nós abominamos a violência de qualquer tipo e especificamente levamos as acusações de violência doméstica muito a sério", disseram os Sparks em um comunicado. "Vamos fornecer os recursos que nos são permitidos para ajudar Riquna aprender e crescer a partir desta situação infeliz."

A suspensão, que superou os sete jogos dados a Brittney Griner e Glory Johnson em 2015 por suas prisões por violência doméstica, começará a valer no jogo desta quinta-feira contra o Dallas Wings. Não é, porém, a mais longa da história da liga: a WNBA suspendeu Rhonda Mapps, em 2003, por violar sua política de drogas, em dois anos - ela não voltaria mais a jogar no campeonato.

De acordo com um relatório da prisão, Williams atingiu Alkeria Davis na cabeça e puxou o cabelo em 6 de dezembro. Dois homens disseram aos policiais do condado de Palm Beach que passaram dez minutos tentando pará-la. Quando eles finalmente separaram as mulheres, a jogadora pegou uma arma no seu carro e a apontou para um dos homens, em tom de ameaça.

Davis disse que ela e Williams ficaram juntas por cinco anos e tinham terminado o relacionamento um mês antes. Ela disse às autoridades que considerava a jogadora ciumenta, mas que não tinha sido violenta anteriormente.

A jogadora iniciou seis jogos nesta temporada e tem uma média de 11,5 pontos. Se não apelar da suspensão, poderá participar dos últimos oito jogos do campeonato, começando pelo confronto com o Indiana Fever em 22 de agosto.

Encontrou algum erro? Entre em contato

Comentários

Os comentários são exclusivos para assinantes do Estadão.

Tendências:

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.