Lucy Nicholson/Reuters
Lucy Nicholson/Reuters

Yao Ming confirma anúncio de aposentadoria a fontes próximas

Jogador do Houston Rockets deve fazer uma entrevista coletiva no próximo dia 20, na qual vai contar o motivo da despedida

Efe

09 de julho de 2011 | 05h52

PEQUIM - Fontes ligadas a Yao Ming confirmaram a aposentadoria do chinês do Houston Rockets, de 31 anos, e anunciaram uma entrevista coletiva para o próximo dia 20, na qual o pivô explicará os motivos de sua despedida, segundo publicou neste sábado, 9, a agência oficial Xinhua.

Embora as autoridades da NBA não tenham recebido confirmação alguma, o vazamento da notícia a alguns veículos da imprensa americana fez com que o pivô decidisse revelar seu futuro antes de agosto, mês marcado como data do anúncio. "Não recebemos nenhuma informação relativa à aposentadoria de Yao Ming desde ele próprio, e Yao também não veio durante as últimas semanas às sedes sociais que temos em Pequim", assegurou Bo-Ning Yang, diretor de comunicações da NBA China.

No entanto, fontes da Associação China de Basquete afirmaram que o pivô teria visitado a entidade máxima do basquete chinês para comunicar sua decisão.

O contrato de Yao Ming com os Rockets foi encerrado em 30 de junho, embora não tenha podido jogar nas duas últimas temporadas devido aos graves problemas que teve com as lesões.

O novo treinador dos Rockets, Kevin McHale, disse que esperava que Yao Ming continuasse na equipe, mas que antes teria que atender os desejos do jogador e o diagnóstico dos médicos.

Yao disse em maio que já tinha se recuperado da operação à que foi submetido e que desejava seguir com os Rockets.

Em 1º de julho, o chinês se tornou agente livre sem restrições, mas a lista não foi ativada devido à greve que afeta a NBA e que ameaça suspender a liga.

Encontrou algum erro? Entre em contato

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.