Spyker pode mudar de nome na próxima temporada da F-1

Recentemente adquirida pelo consórcio Orange India Holdings SARL, equipe deve se chamar Force India

Efe,

20 de outubro de 2007 | 15h00

A equipe Spyker anunciou neste sábado no Autódromo de Interlagos que pode mudar seu nome para Force India a partir da próxima temporada da Fórmula 1. Os responsáveis pela escuderia, recentemente adquirida pelo consórcio Orange India Holdings SARL, formado pelo multimilionário indiano Vijay Mallya e o empresário holandês Michiel Mol, afirmaram que o novo nome já foi aprovado pelo inglês Bernie Ecclestone, chefão da F-1. Veja também:  Vídeo de Hamilton aos 12 anos de idade Dê uma volta pelo Circuito de Interlagos Classificação do Mundial   Você perdoaria Felipe Massa se ele abrisse mão da vitória no GP do Brasil para que Kimi Raikkonen fosse campeão? Porém, a mudança ainda deve ser autorizada pelas outras equipes e o Conselho Mundial da Federação Internacional de Automobilismo (FIA). Mallya, que está em São Paulo para acompanhar o Brasil, disse que a nova logomarca da equipe terá as cores da bandeira da Índia. A equipe Spyker, criada em setembro de 2006 após a compra da equipe Midland - que previamente assumiu a escuderia Jordan, participa atualmente do Mundial com o alemão Adrian Sutil e o japonês Sakon Yamamoto. Seus pilotos de testes são os espanhóis Roldán Rodríguez e Adrian Vallés - inclusive, o primeiro tem boas chances de ser um dos titulares na próxima temporada.

Tudo o que sabemos sobre:
Fórmula 1SpykerForce India

Encontrou algum erro? Entre em contato

Tendências:

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.