Alex Alves/Estadão
Alex Alves/Estadão

'Bom primeiro tempo' é consolo do São Paulo após goleada

Rogério Ceni destaca que Tricolor vinha bem até 1º gol do alviverde

O Estado de S. Paulo

28 de junho de 2015 | 18h15

A tarefa de explicar a nova goleada sofrida para o Palmeiras dentro da nova casa do Alviverde caiu no colo do capitão Rogério Ceni. Com a maior parte da equipe preferindo não dar declarações após a partida, o capitão, de forma muita calma, minimizou o elástico placar preferindo destacar os poucos bons momentos do São Paulo na partida e reconhecendo os méritos do adversário na finalização. 

"Até o momento do primeiro gol, que foi uma infelicidade, estávamos bem. Depois nos perdemos. Em momento algum deixamos de tentar jogar, e aí o Palmeiras contragolpeou bem", disse o goleiro na saída de campo. "Claro, com o resultado de 4 a 0 você acaba analisando muito mais o resultado que o jogo em si", afirmou.

Na visão de Ceni, o Palmeiras era um "time de ligação direta" até o primeiro  gol sofrido.  "Na proposta de jogo, o São Paulo veio aqui para vencer. Os contra-ataques do palmeiras foram bons eles tiverem melhor qualidade para chutar a gol. O Fernando Prass quase não pegou na bola, mas criamos muita jogadas pelo lado de campo", falou Rogério

Claramente mais irritado que o goleiro, Luis Fabiano também preferiu destacar o bom começo de jogo do São Paulo, mesmo reconhecendo que o time precisa se acertar para não se perder novamente após tomar um gol. "Eles contaram com a sorte e o segundo tempo nosso foi desastroso. Precisamos conversar para se acertar", disse.  

Notícias relacionadas

Encontrou algum erro? Entre em contato

Comentários

Os comentários são exclusivos para assinantes do Estadão.

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.