Andreu Dalmau/EFE
Andreu Dalmau/EFE

'100% para pegar o Real Madrid', Suárez recebe Chuteira de Ouro

Uruguaio recebe o prêmio de artilheiro da última temporada europeia; estreia oficial do atacante pelo Barcelona é contra o Real

Estadão Conteúdo

15 de outubro de 2014 | 16h07

Prestes a fazer a sua estreia oficial pelo Barcelona, Luis Suárez recebeu oficialmente nesta quarta-feira o troféu Chuteira de Ouro por ter sido o principal artilheiro da temporada 2013/2014 do futebol europeu. Ao ganhar o prêmio, o jogador comemorou o feito obtido pelos gols que marcou com a camisa do Liverpool, seu ex-clube, e já exibiu confiança para o clássico diante do Real Madrid, no próximo dia 25, no Estádio Santiago Bernabéu, onde fará a sua primeira partida após terminar de cumprir a suspensão de quatro meses imposta pela Fifa.

Punido pela mordida que deu no zagueiro Chiellini no jogo no qual o Uruguai venceu a Itália por 1 a 0 e eliminou a rival da Copa do Mundo de 2014, Suárez só pôde jogar em amistosos pelo clube e também pelo Uruguai até agora. E ele espera poder começar a sua trajetória pelo Barça em confrontos oficiais em grande estilo no clássico.

"Depois de ter jogado as partidas amistosas com o Uruguai me encontro fisicamente muito bem, melhor do que esperava. Estou 100%", avisou o jogador, que depois falou sobre a expectativa de estrear justamente contra o maior rival do clube catalão, contra quem espera poder atuar como titular da equipe dirigida por Luis Enrique. "Um jogador sempre deve estar preparado para qualquer jogo. Estrear com o Barça no Bernabéu seria algo muito especial pela rivalidade existente em toda a vida. Estarei às ordens do treinador e ele decidirá", completou.

Suárez terminará de cumprir a sua suspensão no próximo dia 24, justamente na véspera do clássico com o Real, e nesta quarta-feira ele recebeu da mãos de uma lenda do Liverpool, Kenny Dalglish, a Chuteira de Ouro do futebol europeu.

"É um momento muito bonito. Quero agradecer às pessoas mais importantes, que são minha mulher e minhas filhas, e também a todos do Liverpool, companheiros e staff, pelos três anos que vivi ali. Agora começo uma nova etapa. Estou realizando um sonho no Barça", ressaltou o uruguaio ao ganhar o prêmio.

O escocês Dalglish, por sua vez, foi até Barcelona para entregar o troféu a Suárez, destacou que foi uma "honra" já ter treinado o atacante e ainda brincou com o fato de ter sido chamado para comparecer na Espanha. "Apesar de que hoje tinha uma partida de golfe para fazer, quando me disseram que teria de vir entregar o Chuteira de Ouro nem pensei (na chance de não viajar). É um jogador maravilhoso", ressaltou.

Encontrou algum erro? Entre em contato

Comentários

Os comentários são exclusivos para assinantes do Estadão.

Tendências:

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.