15 de Novembro tenta segurar o Vasco

Depois de eliminar a Portuguesa Santista, o 15 de Novembro acredita que pode surpreender também o Vasco, com quem joga nesta quarta-feira, no estádio Sady Schmidt, em Campo Bom, pela segunda fase da Copa do Brasil. A estratégia traçada pelo técnico Mano Menezes é não sofrer gols em casa. Por isso, ele vai pedir aos jogadores que tenham paciência e sabedoria para controlar as ações do adversário e tentar vencer o jogo no contra-ataque. Se não der para o vencer, o empate por 0 a 0 não será considerado de todo ruim, porque o 15 de Novembro acredita que pode marcar um gol no jogo da volta, no Rio da Janeiro, suficiente para a classificação se o resultado também for empate.A importância que o 15 de Novembro dá ao jogo desta quarta-feira pode ser medida pela decisão de poupar alguns jogadores no Campeonato Gaúcho. No domingo passado, quando enfrentou o Glória, o time não teve a maioria dos titulares. É a primeira vez em dez anos de profissionalismo que o clube recebe o Vasco. O estádio tem capacidade para apenas três mil torcedores e vai lotar.

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.