15 de Novembro vai usar o contra-ataque

O time do 15 de Novembro saiu de Campo Bom, cidade da região metropolitana de Porto Alegre, para ficar longe da euforia dos torcedores e passou dois dias em Canela, na serra gaúcha, tratando de manter concentração total na partida desta quarta-feira, contra o Americano, pela Copa do Brasil. Tamanha preocupação é justificável. O clube, que foi vice-campeão gaúcho em 2002 e 2003, pode até perder por 1 a 0 para se classificar para as quartas-de-final da competição, o que seria considerado uma façanha histórica para quem tem 93 anos de história e apenas 11 de profissionalismo.O técnico Mano Menezes não contará com o zagueiro Luis Oscar, suspenso pelo terceiro cartão amarelo, e vai escalar Júnior como líbero. A exemplo de outros jogos na Copa do Brasil, o 15 de Novembro vai esperar o adversário, que precisa marcar gols, para aproveitar a velocidade de Dauri e Bebeto no contra-ataque.

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.