15 de Novembro vive euforia da estréia

O 15 de Novembro de Campo Bom, município da região metropolitana de Porto Alegre, está mobilizado para estrear na competição mais importante de seus 93 anos de vida e dez anos de profissionalismo, a Copa do Brasil. O time vai enfrentar a Portuguesa Santista, nesta quarta-feira, com o estádio Sady Schmidt lotado e com a formação considerada titular, inclusive com dois ex-campeões do torneio, os zagueiros Luiz Oscar (pelo Juventude, em 1999) e Jairo Santos (pelo Criciúma, em 1991). A meta é ganhar o jogo por qualquer placar e depois, conseguir um empate no confronto da volta, marcado para o dia 3 de março, em Santos.Apesar da euforia na cidade, as vantagens do 15 de Novembro não são tão grandes quanto parecem. O estádio tem capacidade para apenas 3 mil torcedores. E o time não demonstra, neste ano, a mesma força que o levou ao vice-campeonato gaúcho por dois anos consecutivos, em 2002 e 2003. No atual Campeonato Gaúcho, o 15 de Novembro jogou três vezes, venceu uma e perdeu duas. É o terceiro colocado do chave A, com três pontos, atrás de Grêmio (sete pontos) e Juventude (quatro pontos).

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.