Milton Michida/Estadão - 24/11/1990
Milton Michida/Estadão - 24/11/1990

30 anos depois, Luxemburgo reencontra agora a nova versão do Bragantino

Técnico do Palmeiras enfrenta neste domingo, pelo Campeonato Paulista, o clube onde realizou o primeiro grande trabalho da carreira

Ciro Campos, O Estado de S. Paulo

01 de fevereiro de 2020 | 17h00

O técnico Vanderlei Luxemburgo terá na tarde deste domingo um dos encontros mais especiais da temporada. Agora no comando do Palmeiras, ele visita o Red Bull Bragantino, clube que ajudou a se tornar em um dos mais importantes do Brasil há 30 anos e que passa atualmente por transformação tão grande como na época em que foi dirigido pelo treinador.

Luxemburgo era iniciante na profissão quando se mudou para Bragança Paulista, no fim da década de 1980. O time local tinha estrutura modesta e jogadores pouco conhecidos na época. O trabalho de longo prazo teve como marco as conquistas do Brasileiro da Série B de 1989 e do Campeonato Paulista do ano seguinte.

Logo depois o treinador deixaria o clube, mas mantém até hoje uma relação próxima com a torcida e com os antigos jogadores. "Vanderlei é uma referência no trabalho como treinador. É um dos melhores, muito inteligente. Sabe como poucos preparar o time para o jogo seguinte e prever o que o adversário pretende fazer", disse o ex-volante Pintado, jogador do Bragantino em 1990.

O clube foi comprado ano passado pela Red Bull e adquiriu poderio para investir cerca de R$ 70 milhões em contratações para a temporada. No entanto, há 30 anos, o Bragantino de Luxemburgo vivia um momento bem mais simples. "Aquele time fazia parte de Bragança. Como a cidade é pequena, os jogadores eram amigos da torcida e a relação era próxima. Todos dali queriam ver o futebol local crescer", relembrou Pintado.

Aliás, o trabalho positivo no Bragantino impulsionou bastante a carreira de Luxemburgo. O treinador chegou ao Palmeiras em 1993 justamente gabaritado pelos resultados conquistados no interior paulista. Atualmente, o técnico está em sua quinta passagem pela equipe alviverde.

Encontrou algum erro? Entre em contato

Comentários

Os comentários são exclusivos para assinantes do Estadão.

Tendências:

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.