Alex Silva/Estadão
Alex Silva/Estadão

5 motivos para o Cruzeiro acreditar no título sobre o Corinthians

Time de Mano Menezes precisa apenas de um empate para conquistar a Copa do Brasil

Daniel Batista, O Estado de S.Paulo

11 Outubro 2018 | 11h01

O Cruzeiro largou na frente na decisão da Copa do Brasil com a vitória por 1 a 0 sobre o Corinthians,  quarta-feira, no Mineirão. O confronto da volta será realizado na próxima quarta-feira, na Arena Corinthians, quando será entregue a taça ao campeão. O Estado destacou cinco motivos para o Cruzeiro acreditar no título. Saiba também os cinco motivos para o Corinthians acreditar no título.

Um empate garante o título ao Cruzeiro. Como não há mais diferença de gols marcados em casa ou fora, não fará diferença se a equipe mineira marcar gols na Arena Corinthians. Para conquistar o título, a equipe de Mano Menezes precisa do empate ou pode perder por um gol de diferença e contar com a boa fase do goleiro Fábio em cobranças de pênaltis. 

Cruzeiro perfeito fora de casa

O Cruzeiro tem 100% de aproveitamento fora de casa na Copa do Brasil. Foram três jogos e três vitórias. A equipe de Mano Menezes derrotou o Atlético-PR por 2 a 1 (nas oitavas de final) e Santos e Palmeiras por 1 a 0 (quartas e semifinal, respectivamente).

Técnico experiente

Mano Menezes dispensa apresentações quando o assunto é sua experiência. O treinador já ganhou uma Copa do Brasil pelo Corinthians em 2009 e está acostumado a decisões. Ao contrário do concorrente Jair Ventura. Tal maturidade pode fazer a diferença para deixar a equipe com os pés no chão e saber lidar com a vantagem. 

Equipe mais entrosada

O Cruzeiro claramente tem uma equipe mais organizada, principalmente do meio para frente. O time mineiro tem uma sequência de trabalho bem maior e isso reflete nos gramados. No primeiro jogo, por exemplo, a equipe cruzeirense foi muito superior e soube explorar os espaços deixados pelos corintianos. 

Desgaste pré-clássico

Antes de enfrentar o Cruzeiro, o Corinthians vai enfrentar o Santos, sábado, no Pacaembu, pelo Campeonato Brasileiro. A equipe alvinegra deve ser mista, mas mesmo assim, um resultado adverso pode aumentar ainda mais a pressão para a decisão e o Cruzeiro pode se favorecer psicologicamente do resultado. Já a equipe celeste visita o Vasco, no Rio. 

Jogadores acostumados a decisões

Não é só Mano Menezes que se destaca pela experiência. O time mineiro conta também com vários jogadores que estão acostumados com decisões. Embora Arrascaeta não esteja disponível, por ter sido convocado para a seleção uruguaia, a equipe conta com Thiago Neves, Dedé, Léo e o goleiro Fábio. 

 

 

Encontrou algum erro? Entre em contato

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.