Wilson Pedrosa/AE
Wilson Pedrosa/AE

Mundial Sub-17 abre venda de ingressos em estádios

Seleção estreia no torneio contra o Canadá sábado, às 17h, no Distrito Federal

Redação, Estadão Conteúdo

21 de outubro de 2019 | 15h35

Começou segunda-feira a venda de ingressos nas bilheterias dos estádios que receberão os jogos do Mundial Sub-17. O Brasil estreia contra o Canadá, no sábado, às 17 horas, no Bezerrão, em Gama (DF). Além do Bezerrão, os estádios Serrinha e Olímpico, ambos em Goiânia, e Kléber Andrade, em Cariacica (ES), serão os palcos de confrontos do torneio, que vai até 17 de novembro, data da final e da decisão do terceiro lugar. A Fifa informou que nestes locais as entradas serão comercializadas das 10h às 18h nos dias em que não estiverem recebendo partidas e das 10h às 20h nos dias de confrontos.

Os ingressos pode ser adquiridos também por meio da plataforma oficial FIFA.com/Tickets. A entidade máxima do futebol lembra que, até as 12 horas (de Brasília) desta quarta-feira, os torcedores ainda terão chances de comprar entradas antecipadas com 50% de desconto por meio da internet e das bilheterias dos estádios.

Até o fim desta segunda fase de comercialização, que foi iniciada em 27 de setembro e será encerrada nesta quarta-feira, os preços dos ingressos variam entre R$ 10 e R$ 20, com meia-entrada para as categorias 1 e 2. Já os tíquetes adquiridos por pessoas com deficiência física e/ou mobilidade reduzida estão sendo comercializados pelo valor único de R$ 5 até o dia 23.

O terceiro e último estágio de comercialização dos ingressos, que será iniciado nesta quarta-feira e vai até 17 de novembro, terá valores que irão de R$ 20 a R$ 40, também com meia-entrada para as duas categorias de entradas. Já os bilhetes destinados para pessoas com deficiência e/ou limitações motoras custarão R$ 10.

Anfitrião do Mundial, o Brasil está no Grupo A do torneio. Depois da estreia contra o Canadá, a seleção brasileira terá pela frente a Nova Zelândia, no próximo dia 29, em novo duelo no Bezerrão. Em seguida, no fechamento da chave, a equipe enfrentará a Angola em 1.º de novembro, no Olímpico, em Goiânia.

Encontrou algum erro? Entre em contato

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.