A CBF acertou em ficar com Milene?

A Confederação Brasileira de Futebol (CBF) oficializou ontem a permanência da mulher do craque Ronaldo, Milene, na seleção brasileira de futebol feminino, que vai disputar o Mundial nos Estados Unidos, entre os dias 24 de setembro e 11 de outubro. Os contrários à convocação dizem que ela aconteceu em detrimento de jogadoras mais experientes e de melhor técnica. Exemplo de Roseli, com muitos anos de seleção, e participação em olimpíadas e mundiais.Pesou a favor de Milene, a "rainha das embaixadinhas", a vantagem de despertar a atenção da mídia e do público. A meio-de-campo do Rayo Vallecano, da Espanha, em seus primeiros dias treinando na semana passada na Granja Comary, em Teresópolis, conseguiu atrair tanto interesse quanto a seleção brasileira masculina, que treinava no campo ao lado.Roseli disse hoje que se acha injustiçada pela CBF. E voce, leitor, o que pensa a respeito?Clique aqui para votar

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.