Dolores Ochoa/AP
Dolores Ochoa/AP

'A derrota vai ficar de lição', afirma Tchê Tchê no Palmeiras

Jogador lamenta gol sofrido no fim do encontro com o Barcelona, no Equador, pela Copa Libertadores

O Estado de S. Paulo

06 de julho de 2017 | 00h01

A derrota por 1 a 0 para o Barcelona fez o Palmeiras deixar o campo bastante desanimado nesta quarta-feira. Depois da partida, válida pelas oitavas de final da Copa Libertadores, o meia Tchê Tchê disse que o resultado serve como lição, pois a equipe tinha segurado o time equatoriano em Guayaquil durante 90 minutos, até levar nos acréscimos o gol de Álvez.

"Infelizmente levamos o gol no finzinho, acontece. Vamos levar de lição para que a gente possa cometer o mínimo de erros em São Paulo para passar de fase", disse em entrevista à TV Globo na saída de campo. O gol da vitória foi marcado por Álvez, em chute de fora área, aos 46 minutos do segundo tempo.

A equipe paulista criou boas chances de gol, mas passou a maior parte da etapa final acuada. "A gente não veio jogar de forma defensiva, tentamos explorar os espaços deles. Nosso primeiro tempo foi muito bom", disse Tchê Tchê. O resultado negativo encerrou a série de quatro vitórias do Palmeiras construída nas últimas rodadas do Campeonato Brasileiro.

O elenco palmeirense retorna ao Brasil nesta quinta-feira e já tem compromisso no fim de semana, em Belo Horizonte. No domingo a equipe enfrenta o Cruzeiro, no Mineirão, pelo Brasileiro. A tendência é o técnico Cuca poupar alguns titulares para priorizar a força máxima na rodada seguinte, quando recebe o Corinthians, no Allianz Parque.

O clube só volta a atuar na Copa Libertadores no dia 9 de agosto. Para ir às quartas de final e eliminar o Barcelona o Palmeiras precisa ganhar por dois gols de diferença. Caso devolva o placar de 1 a 0 a decisão será nos pênaltis.

Encontrou algum erro? Entre em contato

Comentários

Os comentários são exclusivos para assinantes do Estadão.

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.