'A Espanha voltará mais forte', promete Sergio Ramos

O zagueiro Sergio Ramos prometeu que a seleção espanhola vai reagir após eliminação na primeira fase da Copa do Mundo no Brasil. O resultado negativo interrompeu uma sequência de títulos de grande porte da Espanha, iniciada em 2008, quando o país venceu a Eurocopa daquele edição e a edição seguinte da competição, quatro anos depois, além de ter faturado o Mundial de 2010.

AE, Agência Estado

25 de junho de 2014 | 12h09

"O importante não é cair, mas saber se levantar. Voltaremos mais fortes e devolveremos o orgulho de ser campeões", escreveu o defensor do Real Madrid nesta quarta-feira, em sua conta oficial no Twitter. Na terça-feira, o meio-campista Andrés Iniesta e o lateral-esquerdo Jordi Alba também usaram a rede social, mas para se desculpar com a torcida espanhola pela campanha. A Espanha não caía na fase de grupos de uma Copa desde 1998.

O Mundial de 2014 foi o terceiro disputado por Sergio Ramos, que é convocado pela seleção principal da Espanha desde 2005. Lateral-direito de origem, ele foi o titular da posição no título europeu de 2008 e no Mundial de 2010. Depois da Copa de quatro anos atrás, ele passou a formar dupla de zaga da seleção com Piqué, no lugar de Puyol.

Tudo o que sabemos sobre:
futebolEspanhaSergio Ramos

Encontrou algum erro? Entre em contato

Comentários

Os comentários são exclusivos para assinantes do Estadão.

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.