Ivan Storti/Santos
Ivan Storti/Santos

À espera de novo técnico, Santos desafia o líder Flamengo na Vila

Dois dias depois da demissão de Jair Ventura, time alvinegro quer se afastar da zona de rebaixamento

O Estado de S.Paulo

25 de julho de 2018 | 07h00

À espera de um novo treinador, o Santos vai entrar em campo às 21h45 desta quarta-feira, na Vila Belmiro, em Santos, dois dias depois da demissão de Jair Ventura e ameaçado pela proximidade da zona da rebaixamento do Campeonato Brasileiro. Para piorar, o adversário na 15ª rodada do torneio será o Flamengo, que lidera a competição com 30 pontos.

+ Victor Ferraz deixa treino antes do fim e vira dúvida no Santos

+ Gabriel lamenta demissão de Jair e diz que time precisa mudar postura

+ Carlos Sánchez exalta história do Santos e celebra contato com Pelé

Apesar de ter feito uma partida a menos no Brasileirão, porque o duelo contra o Vasco pela terceira rodada foi adiado e não tem previsão para quando vai acontecer, o Santos tem a metade dos pontos do Flamengo e só um a mais do que o América-MG. O time mineiro é o atual 17º colocado no torneio e, por enquanto, o melhor entre os times que estariam sendo rebaixados.

Em 15º lugar, o Santos será comandado contra o Flamengo, de forma interina, por Serginho Chulapa, que trabalha de auxiliar na comissão técnica permanente do clube e sempre declarou não ter pretensão de ser efetivado no cargo. O ex-jogador não poderá contar na partida com o zagueiro David Braz e o meia Jean Mota, suspensos, mas deve ganhar o reforço de Rodrygo, desfalque na rodada anterior porque sentia dores no joelho, e com certeza terá Alison, que cumpriu gancho por acúmulo de cartões.

Titular na maior parte de 2018, Lucas Veríssimo deve voltar à zaga titular, após período afastado por causa de negociação de venda para o Torino, que acabou não sendo concretizada. Assim, deve atuar ao lado de Gustavo Henrique, Victor Ferraz e Dodô na linha defensiva, embora o lateral-direito tenha se tornado dúvida por causa de dores musculares, podendo ser substituído por Daniel Guedes.

Alison é um titular certo na posição de volante, enquanto Diego Pituca deve ser mantido no time. Para jogar à frente da dupla, Chulapa treinou a equipe, nesta terça-feira, com um quarteto de atacantes: Rodrygo, Bruno Henrique, Gabigol e Eduardo Sasha. O esquema foi utilizado por Jair Ventura algumas vezes e deixa de fora Vecchio, o único meia do elenco disponível para a partida, uma vez que Vitor Bueno, está em negociação para ser emprestado para o Dínamo de Kiev.

Reforços anunciados nas últimas semanas, os meio-campistas Bryan Ruiz e Carlos Sánchez ainda não têm previsão de estreia. O costarriquenho já trabalhou no CT Rei Pelé nesta terça-feira, mas fez apenas exercícios físicos, enquanto o uruguaio foi apresentado, mas retornou ao seu país e vai se juntar ao elenco santista apenas na próxima segunda-feira.

 

LÍDER

O Flamengo enfrenta o Santos nesta quarta-feira, em partida na Vila Belmiro, em Santos, às 21h45, em busca de manter a boa fase e a liderança do Campeonato Brasileiro. Após 14 rodadas, a equipe carioca tem 30 pontos na competição, um a mais do que o São Paulo, segundo colocado.

O retrospecto recente de visitas do Flamengo, porém, não é dos melhores contra clubes grandes do Estado de São Paulo, pelo menos desde 2011. Corinthians, Palmeiras, Santos e São Paulo não perderam quando foram, somados, mandantes nas últimas 23 partidas disputadas com o time carioca.

Contra algum desses clubes, o último triunfo do Flamengo no Estado de São Paulo foi sobre o Santos, na Vila Belmiro. O confronto foi disputado pelo Brasileirão de 2011, quando um time treinado por Vanderlei Luxemburgo e que ainda tinha Ronaldinho Gaúcho saiu vitorioso por 5 a 4, em duelo que os santistas chegaram a abrir 3 a 0 e Neymar fez um gol que lhe rendeu naquela temporada o Prêmio Puskás, dado pela Fifa.

Em 2017, o Flamengo até eliminou o Santos da Copa do Brasil, nas quartas de final, graças à regra dos gols marcados fora de casa, porque venceu por 2 a 0, na Ilha do Governador, e perdeu por 4 a 2, na Vila Belmiro. Uma semana depois da derrota na partida de volta, agora pelo primeiro turno do Brasileirão do ano passado, nova vitória santista, por 3 a 2, no Pacaembu.

Alheio ao jejum, Diego crê que o Flamengo deve manter o futebol que apresentou no Brasileirão até aqui. "A gente não muda de acordo com o adversário. Temos uma maneira definida de jogar. As equipes criam dificuldades às vezes e fazem com que você mude a sua maneira de atuar, isso é natural. Temos de ter consciência disso", disse o meia revelado pelo Santos.

Destaque na vitória por 2 a 0 sobre o Botafogo, no último sábado, no Maracanã, Matheus Sávio disputa com Fernando Uribe vaga de titular contra o Santos, uma vez que Éverton Ribeiro vai voltar de suspensão, mas Marlos Moreno não se recuperou de lesão e será desfalque para o técnico Maurício Barbieri. Willian Arão tem negociação em andamento para deixar o Flamengo, por isso não foi relacionado.

FICHA TÉCNICA:

SANTOS x FLAMENGO

SANTOS - Vanderlei; Victor Ferraz (Daniel Guedes), Lucas Veríssimo, Gustavo Henrique e Dodô; Alison, Diego Pituca e Rodrygo; Bruno Henrique, Gabigol e Rodrygo. Técnico: Serginho Chulapa.

FLAMENGO - Diego Alves; Rodinei; Rodinei, Réver, Léo Duarte e Renê; Cuéllar, Matheus Sávio, Lucas Paquetá, Diego e Éverton Ribeiro; Paolo Guerrero. Técnico: Maurício Barbieri.

ÁRBITRO - Jailson Macedo Freitas (BA)

HORÁRIO – 21h45

LOCAL – Vila Belmiro

Encontrou algum erro? Entre em contato

Comentários

Os comentários são exclusivos para assinantes do Estadão.

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.