À espera de novo treinador, Paraná perde mais uma

Guilherme Macuglia assume na próxima rodada. Ontem, viu a equipe levar 2 a 1 do Salgueiro

AE, Agência Estado

13 de setembro de 2011 | 23h12

PAULISTA (PE) - O Salgueiro parece que finalmente acordou e manteve vivo o sonho de permanecer na Série B do Campeonato Brasileiro na noite desta terça-feira, quando chegou à segunda vitória seguida ao bater o Paraná, por 2 a 1, de virada, no Estádio Ademir Cunha, em Paulista (PE), pela 23ª rodada.

Com mais esse resultado positivo, o sexto na competição, o time pernambucano chegou aos 22 pontos, mas se manteve na penúltima colocação. A diferença para o Guarani, primeiro da zona de rebaixamento, é de cinco pontos. Enquanto isso, o Paraná segue em queda livre: é o 11.º, com 31 pontos, vindo de três derrotas seguidas.

Em sua primeira chegada, o Paraná abriu o placar. Após bola cruzada para dentro da área, o goleiro Luciano foi enganado pelo "morrinho" artilheiro e o atacante Hernane teve o trabalho de apenas completar.

No entanto, os paranaenses nem puderam comemorar. Aos 19 minutos, a defesa afastou mal e Ricardinho ficou com a sobra, batendo rasteiro no canto de Luis Carlos, deixando tudo igual.

Devido ao péssimo estado do gramado, os dois times erravam muitos passes e praticamente não chegavam com perigo. Quando o jogo se encaminhava para um empate, o Salgueiro chegou à virada. Após desvio de Fabrício Ceará, a bola sobrou para o baixinho Edmar, que concluiu de cabeça, aos 42 minutos.

Os dois times voltam a campo pela 24.ª rodada da Série B no próximo sábado. O Salgueiro faz o duelo pernambucano contra o Náutico, às 16h20, no Estádio dos Aflitos, em Recife. No mesmo horário, o Paraná recebe o Goiás, no Estádio Durival de Bitto, na partida que vai marcar a estreia do técnico Guilherme Macuglia no comando do time paranaense em substituição a Roberto Fonseca.

SALGUEIRO 2 X 1 PARANÁ

SALGUEIRO - Luciano; Mateus, Juninho, Alexandre e Piauí; Renê, Josa, Pio e Paulo Santos (Clébson); Ricardinho (Fabrício Ceará) e Tiago Marabá (Edmar). Técnico - Luiz Carlos Barbieri.

PARANÁ - Luiz Carlos; Marquinho, Amarildo, Brinner e Lima (Gleidson); Maycon Freitas, Dionísio (Éverton Garroni), Douglas Packer e Dinelson (Serginho); Hernane e Jefferson Maranhão. Técnico - Ageu Gonçalves (interino).

Gols - Hernane, aos 17, e Ricardinho, aos 19 minutos do primeiro tempo. Edmar, aos 42 minutos do segundo tempo.

Árbitro - Cleisson Veloso Pereira (MG).

Cartões amarelos - Douglas Packer, Lima, Matheus, Josa, Dionísio e Luciano.

Público - 3.523 pagantes.

Renda - R$ 26.329,00.

Local - Estádio Ademir Cunha, em Paulista (PE).

Encontrou algum erro? Entre em contato

Comentários

Os comentários são exclusivos para assinantes do Estadão.

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.