Lucas Uebel/Grêmio
Lucas Uebel/Grêmio

À espera do sim de Renato Gaúcho, Grêmio oficializa saída de diretores do futebol

Dirigentes optaram por sair do setor e fizeram a solicitação ao presidente Romildo Bolzan Junior

Redação, Estadão Conteúdo

11 de dezembro de 2019 | 14h17

O técnico Renato Gaúcho está no Rio de Janeiro participando de um curso na CBF, exigido pela Conmebol para os profissionais poderem trabalhar em competições da entidade, e ainda não acertou a renovação de contrato com o Grêmio. Na espera do sim do treinador para a sequência de um trabalho que já dura mais de três anos, os bastidores do clube em Porto Alegre estão agitados. Nesta quarta-feira, o ex-presidente Duda Kroeff e os diretores Alberto Guerra e Deco Nascimento deixaram o departamento de futebol.

De acordo com o anúncio do Grêmio em suas redes sociais e no site oficial, os três dirigentes optaram por sair do setor e fizeram a solicitação ao presidente Romildo Bolzan Junior, que entendeu as razões e acatou ao pedido. Em tom de agradecimento, o mandatário gremista deixou claro que sempre seria grato aos anos dedicados ao clube gaúcho.

"Grêmio Foot-Ball Porto Alegrense informa sua torcida que o vice-presidente de futebol Duda Kroeff e os diretores Alberto Guerra e Deco Nascimento, por suas iniciativas, deixam o departamento de futebol do Clube. O presidente Romildo Bolzan recebeu a solicitação, entendeu as razões e acatou. O Grêmio agradece a dedicação destes exemplares e dedicados gremistas pelos relevantes e extraordinários serviços prestados ao Clube, sempre com dedicação e zelo incomparáveis", informou a nota oficial.

Até a definição dos novos componentes do futebol gremista, Romildo Bolzan Junior irá assumir as funções de maneira interina. Com as saídas do dirigente, o único remanescente da pasta é o diretor executivo Klauss Câmara. Ele atua na contratação de atletas para o início da próxima temporada.

"O Grêmio também informa que o presidente do Conselho de Administração Romildo Bolzan assumirá interinamente as questões relativas do Departamento de Futebol", finalizou a nota.

Tudo o que sabemos sobre:
futebolGrêmioRenato Gaúcho

Encontrou algum erro? Entre em contato

Comentários

Os comentários são exclusivos para assinantes do Estadão.

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.