A ex-campeã Inter volta à segundona

A Internacional saiu aplaudida de campo pelos seus torcedores, os poucos que assistiram à derrota por 4 a 0 para o Paulista, na quarta-feira, pela penúltima rodada da repescagem do Campeonato Paulista. O resultado negativo decretou o rebaixamento do time para a segunda divisão. A incoerência não está no texto, mas sim na atitude dos torcedores, que protestaram de uma forma irônica: aplaudindo os atletas. O primeiro time do interior a sagrar-se campeão paulista retornou à segunda divisão do Estado após sete anos. Com um time modesto, em 1986, a Inter de Limeira foi campeã paulista em cima do Palmeiras. A heróica vitória dos ?caipiras" sobre o poderoso Palmeiras em pleno Morumbi lotado, por 2 a 1, mostrou a todos que uma nova força do interior estava surgindo. O ex-presidente Richard Drago, que ficou 16 anos ao lado da equipe de Limeira, garante que o grande fator para esse recente episódio negativo foi a parceria feita com o banco italiano Adamo Holding no começo da competição. ?Quando eu estava à frente da Inter, essa parceria já havia sido proposta (novembro de 2001). Nós analisamos bem o que eles estavam propondo e chegamos à conclusão que ela não estava de acordo com o que queríamos e precisávamos", disse Drago, que foi presidente da Internacional até o final de 2002, quando teve seu mandato encerrado. Em campo, muita confusão como a confirmação de um técnico italiano e desconhecido, Giuseppe Pallavicini, antes do início da competição. Depois ele foi substituído por Marco Octávio Barbosa, que mesmo vindo do futebol de praia, conquistou os únicos quatro pontos do time no Paulista. Mas antes do início da repescagem ele foi substituído por Vica, que chegou como Salvador da Pátria, mas acumulou cinco derrotas consecutivas. Tudo diante de uma torcida indiferente, de dirigentes omissos e de conselheiros que também viraram as costas ao clube. O último tropeço foi fatal. Com a vitória por 4 a 0, o Paulista devolveu a mágoa que guardava da Internacional há 17 anos. Na campanha vitoriosa de 1986, o time de Limeira venceu o Paulista ainda na fase classificatória, em 6 de agosto, por 3 a 2. O resultado culminou com o descenso da equipe de Jundiaí. O troco foi dado agora. Sobrou à Internacional tentar se reerguer com suas glórias do passado. O Leão da Paulista, como é conhecido, é campeão paulista da segunda divisão de 1978 e 1996, da terceira em 1966. Também foi campeão Brasileiro da 2ª divisão em 1988.

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.