José Patricio/AE
José Patricio/AE

'A minha saída seria boa para o Palmeiras', afirma técnico Felipão

Embora diretoria mostre confiança em renovação, treinador adota discurso mais moderado

DANIEL BATISTA, Agência Estado

26 de agosto de 2012 | 14h06

SÃO PAULO - Embora a diretoria do Palmeiras mostre confiança com a possibilidade do técnico Luiz Felipe Scolari permanecer no clube para a disputa da Copa Libertadores do ano que vem, o treinador adota um discurso mais moderado e acredita que seria benéfico para o clube que ele saísse no final do ano, quando termina o seu contrato.

"Para o Palmeiras seria boa a minha saída no final do ano. Provavelmente, algumas coisas fora do futebol poderiam ser ajeitadas", disse o treinador, que garantiu não ter assinado qualquer pré-contrato para renovar o vínculo com o clube.

"A única verdade é que o Palmeiras quer contratar mais quatro ou cinco reforços jogadores de nível para a Libertadores. Alguns jornais deram números, valores, mas não existe nada disso", garantiu.

O elenco do Palmeiras está de folga neste domingo e a reapresentação está marcada para a tarde desta segunda-feira, quando Felipão começa os trabalhos para a partida contra a Portuguesa, quarta-feira, às 20h30, no Canindé.

Tudo o que sabemos sobre:
futebolPalmeirasFelipão

Encontrou algum erro? Entre em contato

Comentários

Os comentários são exclusivos para assinantes do Estadão.

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.