Edison Vara / Reuters
Edison Vara / Reuters

A pedido de Claudinei Oliveira, Chapecoense reintegra Wellington Paulista

Atacante havia sido afastado pelo técnico Guto Ferreira

Estadão Conteúdo

22 Outubro 2018 | 19h46

Após fazer sua estreia na Chapecoense na derrota por 3 a 0 para o Cruzeiro, no último domingo, o técnico Claudinei Oliveira pediu para a diretoria nesta segunda-feira a reintegração do atacante Wellington Paulista, afastado do elenco após problemas particulares com Guto Ferreira.

Após uma reunião entre diretoria e a nova comissão técnica, ficou definido que Wellington Paulista volta a treinar com a equipe profissional a partir desta terça-feira. Curiosamente, a decisão vai contra o discurso inicial na chegada de Claudinei Oliveira. Na ocasião, foi dito que o jogador continuaria afastado, mas com possibilidade de retornar ao time num futuro distante.

Mas a situação da Chapecoense na tabela de classificação acabou pesando, já que o atacante pode acabar com a escassez de gols do time. Durante este tempo, Wellington Paulista esteve entre os aspirantes da equipe catarinense e marcou quatro gols em quatro jogos.

A Chapecoense está ocupando atualmente a 18.ª posição, com 31 pontos, a dois do Vitória, primeiro time fora da zona de rebaixamento. O próximo desafio é neste sábado, às 19h, na Arena Condá, diante do América-MG.

 

 

Encontrou algum erro? Entre em contato

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.