TV Estadão | 25/10/2015
TV Estadão | 25/10/2015

'A torcida tem o direito de cobrar', afirma Dudu após Palmeiras perder

Atacante não se incomoda com cobranças pela Copa do Brasil

Estadão Conteúdo

24 de outubro de 2015 | 23h40

O Palmeiras deixou o Pacaembu sob protestos da torcida após a derrota para o Sport, por 2 a 0, neste sábado, pelo Campeonato Brasileiro. O lateral-esquerdo Egídio e até o técnico Marcelo Oliveira foram alvos das vaias das arquibancadas.

O atacante Dudu, que foi poupado e só entrou no intervalo, afirmou que o torcedor tem direito de cobrar a equipe, mas reconhece que a time tem de melhorar. "Eles apoiaram até o final e agora têm o direito (de cobrar). É um ano que todos esperavam algo, pelo elenco montado, mas ainda estamos vivos no G4 e temos uma semifinal pela frente", disse.

Na próxima quarta-feira, o Palmeiras enfrenta o Fluminense pela semifinal da Copa do Brasil. O time de Marcelo Oliveira, que perdeu por 2 a 1 no Maracanã, pode vencer por 1 a 0 em casa para ir à final. "Agora temos de descansar a mente para entrarmos tranquilos na quarta-feira", disse Gabriel Jesus, que entrou no segundo tempo da derrota para o Sport.

Marcelo Oliveira poupou jogadores justamente por causa do jogo de quarta-feira. Os atletas evitaram comentar se essa opção do treinador foi a melhor neste momento em que a equipe está na briga direta pelo G4 do Brasileirão - com o resultado deste sábado, a equipe caiu para o sétimo lugar, com 48 pontos.

Tudo o que sabemos sobre:
futebolBrasileirãoPalmeirasDudu

Encontrou algum erro? Entre em contato

Comentários

Os comentários são exclusivos para assinantes do Estadão.

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.