Rodrigo Gazzanel/ Ag. Corinthians
Rodrigo Gazzanel/ Ag. Corinthians

A três pontos da degola, Corinthians entrará mais pressionado contra Cruzeiro

Vitória da Chapecoense sobre o Santos deixou equipe do técnico Jair Ventura mais próxima da zona de rebaixamento

João Prata, O Estado de S.Paulo

13 de novembro de 2018 | 11h00

O elenco do Corinthians ganhou um pouco mais de pressão para o jogo contra o Cruzeiro, quarta-feira, às 21h45, no estádio do Mineirão, pela 34ª rodada do Campeonato Brasileiro. Com a vitória da Chapecoense por 1 a 0 sobre o Santos na segunda-feira à noite, a equipe do técnico Jair Ventura ficou a apenas três pontos da zona de rebaixamento da competição.

O time alvinegro é o atual 13º colocado com 40 pontos. A Chapecoense abre o grupo do descenso, em 17º lugar, com 37. É a segunda vez no Brasileirão que o Corinthians fica a apenas três de entrar para a degola. A outra foi na 30ª rodada, após empatar por 2 a 2 com o Vitória, fora de casa.

A diferença é que agora faltam cinco rodadas para o término do torneio. O Corinthians apresentou uma melhora de rendimento no empate por 1 a 1 com o São Paulo no clássico do último sábado. Mesmo com um a menos durante todo o segundo tempo (e com um gol anulado de maneira incorreta pelo árbitro), a equipe foi mais agressiva do que o adversário e poderia ter saído de campo com a vitória.

O elenco do Corinthians se reapresentou na segunda-feira e teve como principal novidade a presença do volante Douglas, recuperado de dores musculares. Os titulares que iniciaram o clássico fizeram trabalho de regeneração muscular na academia e farão a primeira atividade no campo nesta terça-feira.

Para a partida contra o Cruzeiro, Jair Ventura não contará com o volante chileno Ángelo Araos, expulso  contra o São Paulo. A tendência é que Douglas retome um lugar na equipe. No entanto, o volante Thiaguinho, bastante elogiado por Jair pela atuação no clássico, corre por fora na disputa.

Outra mudança será o retorno de Danilo Avelar à lateral-esquerda. Isso porque Carlos Augusto foi convocado para a seleção brasileira sub-20 e desfalcará a equipe nos próximos dois jogos. O restante do time deverá ser o mesmo do clássico. O time deve entrar em campo com: Cássio, Fagner, Léo Santos, Henrique e Danilo Avelar; Ralf e Douglas; Pedrinho, Jadson e Romero; Danilo.

Encontrou algum erro? Entre em contato

Comentários

Os comentários são exclusivos para assinantes do Estadão.

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.