Abaixo-assinado pede convocação de Scholl para a Copa

Cerca de 175 mil pessoas aderiram ao abaixo-assinado lançado por dois estudantes de Munique que pedem que o meia Mehmet Scholl, do Bayern de Munique, seja convocado para defender a Alemanha na Copa do Mundo. Scholl, de 35 anos, deixou a seleção em 2002, depois de ficar de fora da Copa por causa de uma contusão. Ele anunciou nesta semana a renovação de contrato com o Bayern por mais uma temporada. Os organizadores do abaixo-assinado entregarão o documento a dirigentes da Federação Alemã de Futebol. "Queremos mostrar que em todo o país há pessoas que acreditam que Scholl pode ajudar nossa jovem seleção a vencer a Copa", afirmou Frank Enders, criador da campanha "Mehmet por Alemanha", ao lado do amigo Sebastian Glemser. O capitão da Alemanha, o meia Michael Ballack, disse em entrevista publicada em edição especial da revista Sport Bild na terça-feira que a juventude da seleção da Alemanha poderia proporcionar surpresas - inclusive a eliminação prematura. Ballack, no entanto, não citou Scholl, mas outro veterano da Copa de 2002, o zagueiro Nowotny, do Bayer Leverkusen. Em abril, no entanto, o técnico Jürgen Klinsmann já disse que não convocaria Scholl, que nesta temporada conquistou o Alemão e a Copa da Alemanha com o Bayern. Além disso, Klinsmann acaba de ganhar um problema na defesa: o zagueiro Christoph Metzelder, uma das opções para o setor, sofreu uma lesão muscular durante um treino de sua equipe, o Borussia Dortmund, e pode não ter condições de jogo para o Mundial.

Agencia Estado,

10 Maio 2006 | 11h46

Encontrou algum erro? Entre em contato

publicidade

publicidade

publicidade

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.