Marcio Fernandes/AE
Marcio Fernandes/AE

Abatido, Ronaldo afirma que nada deu certo em campo

Atacante também diz que equipe alvinegra está tranquila por já ter conquistado vaga à Libertadores de 2010

Daniel Akstein Batista, Agencia Estado

20 de setembro de 2009 | 21h12

Ronaldo saiu decepcionado com a atuação do Corinthians neste domingo, após a derrota para o Goiás por 4 a 1. O atacante admitiu que o adversário foi melhor em campo, mas deixou claro que a situação do time no Campeonato Brasileiro é cômoda. Como já está classificado para a Copa Libertadores e conquistou dois títulos no ano (Copa do Brasil e Campeonato Paulista), são os outros times que devem se preocupar com o restante da competição.

Veja também:

somRádio Eldorado/ESPN - AM 700/FM 107,3 - 0 x 1 Goiás / 0 x 2 Goiás / 0 x 3 Goiás/ Corinthians 1 x 3/ 1 x 4 Goiás

linkRonaldo volta, mas Corinthians é goleado pelo Goiás

especialMASCOTES - Baixe o papel de parede do seu time

especialVisite o canal especial do Brasileirão

Brasileirão 2009 - lista Tabela | tabela Classificação

especialDê seu palpite no Bolão Vip do Limão

"Já conquistamos nosso objetivo e são os outros que devem correr atrás", falou o Fenômeno. "Hoje (domingo) não funcionou nada, o que vou dizer? O Goiás dominou em todos os aspectos, nada deu certo".

Os corintianos não procuraram desculpas para explicar a vergonhosa derrota no Pacaembu. Nada de culpar o árbitro. Os jogadores deixaram o campo conscientes de suas falhas. "Nós erramos muito, pedimos desculpas para a torcida", disse Elias. "Equipe que está em busca de título não pode jogar tão mal. O torcedor não merece isso. Estão certos em vaiar".

A vitória contra o Goiás deixaria o Corinthians na briga pelo título brasileiro. Não fosse a decepção no Pacaembu, a rodada teria sido perfeita. Alguns dos principais concorrentes ao troféu de campeão tropeçaram, como Internacional e São Paulo. Se vencesse, o time de Mano Menezes chegaria aos 40 pontos, quatro a menos do que o líder Palmeiras, que tem uma partida a menos e visita o Cruzeiro na próxima quarta-feira. A semana alvinegra agora é de treino forte para corrigir os erros e se preparar para o clássico contra o São Paulo, no domingo.

PRAZER 

Antes de o jogo começar, o meia-atacante Edno foi apresentado à torcida alvinegra. "Espero começar com o pé direito e ser feliz com essa camisa", disse o ex-jogador da Portuguesa, beijando o escudo do time e ansioso para estrear.

Encontrou algum erro? Entre em contato

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.