ABC empata com Paraná e assume lanterna da Série B

O ABC interrompeu a série de cinco derrotas consecutivas, mas apenas empatou com o Paraná, por 1 a 1, no Estádio Frasqueirão, em Natal, neste sábado à noite, no encerramento da 33.ª rodada do Campeonato Brasileiro da Série B. O resultado deixou o time potiguar na lanterna, com 32 pontos, e bem perto da Série C. O Paraná, em franca recuperação, já aparece em nono lugar, com 46 pontos.

AE, Agencia Estado

31 de outubro de 2009 | 23h10

Na estreia do técnico Didi Duarte, que ocupou a vaga de Flávio Lopes, o time do ABC mostrou muita disposição. E alguns jogadores sobressaíram pela movimentação em campo, como o habilidoso atacante Junior Negão, o seu companheiro de ataque Ricardinho e o meia Zé Eduardo. O Paraná, armado no esquema 3-6-1, só esperava pela chance do contragolpe.

Melhor em campo, o ABC abriu o placar aos 26 minutos. Ricardinho dividiu a bola com dois defensores dentro da área e a bola sobrou para o toque de bico do zagueiro Rafael Pedro. Mas a festa não durou mais do que dez minutos. O empate veio aos 36 minutos. Davi cobrou falta em direção ao gol e o atacante Marcelo Toscano apareceu para desviar de cabeça, de costas para o gol.

Aos 46 minutos, porém, João Paulo cometeu falta por trás sobre Zé Eduardo e acabou expulso. Com um a menos, o Paraná voltou mais recuado no segundo tempo, com Raí no lugar do volante Adoniran, que já tinha o cartão amarelo.

Precisando da vitória, o ABC se atirou ao ataque e criou inúmeras chances para desempatar. Mas o goleiro Zé Carlos se transformou no melhor jogador em campo, fazendo grandes defesas e mostrando muita segurança. Aos 31, Augusto Recife, do ABC, cometeu nova falta sobre Davi e foi expulso, deixando os dois times com 10 jogadores. O time paranista respirou aliviado e tratou de segurar o resultado.

O ABC volta a campo já na terça-feira para enfrentar a Portuguesa, em Mogi Mirim. O Paraná joga somente no próximo sábado, dia 7, em casa, contra o Duque de Caxias.

Ficha Técnica:

ABC 1 x 1 Paraná

ABC - Tiago Cardoso; Bosco, Gaúcho, Rafael Pedro e Bruno Barros; Alexandre Oliveira (João Paulo), Augusto Recife, Sandro e Zé Eduardo (Selmir); Ricardinho e Júnior Negão. Técnico: Didi Duarte.

Paraná - Zé Carlos; Elton, Leandro e Montoya; Murilo, Adoniran (Raí), João Paulo, Davi (Adriano), Rafinha e Fabinho; Marcelo Toscano. Técnico: Roberto Cavalo.

Gols - Rafael Pedro, aos 26, e Marcelo Toscano, aos 36 minutos do primeiro tempo.

Cartões amarelos - Alexandre Oliveira (ABC); Adoniran, Rafinha, Raí, Zé Caros (Paraná).

Cartões vermelhos - Augusto Recife (ABC); João Paulo (Paraná).

Árbitro - Rogério Lima da Rocha (SE).

Renda - R$ 41.980,00.

Público - 6.068 pagantes.

Local - Estádio Frasqueirão, em Natal (RN).

Encontrou algum erro? Entre em contato

Tendências:

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.