ABC só empata com o Náutico e aumenta jejum de vitórias no Frasqueirão

O ABC segue sem conseguir somar mais que um ponto sob seus domínios. Na tarde desta quarta-feira, o time potiguar apenas empatou por 3 a 3, com o Náutico, na nona rodada do Campeonato Brasileiro da Série B e chegou a incrível marca de sete jogos sem vitórias no Estádio Frasqueirão, em Natal, somando-se Copa do Brasil e Nacional.

Estadão Conteúdo

27 de junho de 2015 | 18h53

Com o resultado, o time potiguar acumula o seu terceiro jogo consecutivo sem vencer na competição - vinha de revés por 2 a 0 frente ao Vitória e ao Paysandu - e já é o 11.º colocado, com 12 pontos. De outro lado, o Náutico perdeu a chance de encostar no líder e agora é o terceiro colocado, com 18 pontos.

A partida começou morna, com os dois times se estudando e criando poucas oportunidades. A primeira chance de gol aconteceu apenas aos 24 minutos. Fábio Bahia cruzou para a área e encontrou Fabinho Alves livre. O atacante cabeceou na direção do gol, mas a bola foi para fora, tirando tinta da trave.

Quando respondeu, o Náutico conseguiu o seu gol. Douglas recebeu livre dentro da área, driblou o goleiro Saulo e foi derrubado. O árbitro assinalou pênalti, que Pedro Carmona cobrou no meio e marcou aos 35 minutos.

A comemoração do time pernambucano durou pouco. Dois minutos, depois Fabinho Alves fez grande jogada e cruzou para a área. O artilheiro Kayke chegou na frente do goleiro Júlio César e desviou de primeira para o fundo das redes.

Quando a partida já se encaminhava para o intervalo, aos 46 minutos, o Náutico conseguiu o seu segundo gol. Douglas cruzou para a área e Marino conseguiu dominar, girar e finalizar sem chances de defesa para Saulo.

No retorno para o segundo tempo, o ABC conseguiu rapidamente o empate. Já aos quatro minutos, o lateral-esquerdo Marcílio apareceu de surpresa dentro da área e finalizou com categoria para o fundo das redes.

Não fosse o goleiro Júlio César, o Náutico ainda levaria o gol de virada. Aos sete minutos, Edno recebeu na entrada da área e soltou uma bomba, que o arqueiro conseguiu defender à queima-roupa.

Quando parecia que o time visitante estava morto, Marino acertou um chute forte de fora da área que entrou no ângulo do gol defendido por Saulo. Um golaço aos 27 minutos. Aos 43 minutos, após cobrança de falta, Edno desviou de cabeça e empatou, definindo o placar de 3 a 3.

Os dois times voltam a campo apenas no próximo sábado. O ABC visita o Macaé, no estádio Moacyrzão, às 16h30. Já o Náutico volta a atuar na Arena Pernambuco contra o Oeste, no mesmo horário. Os jogos serão válidos pela décima rodada da Série B.

FICHA TÉCNICA

ABC 3 X 3 NÁUTICO

ABC - Saulo; Igor Julião (Reginaldo), Sueliton, Leonardo e Marcílio (Jussandro); Fábio Bahia, Dedé, Neto Coruja e Edno; Kayke e Fabinho Alves (Bismarck). Técnico: Gilmar Dal Pozzo.

NÁUTICO - Júlio César; Guilherme (Flávio), Diego Silva, Fabiano Eller e Gastón Filgueira; João Ananias, Willian Magrão (Fillipe Soutto), Marino, Hiltinho e Pedro Carmona (Renato); Douglas. Técnico: Lisca.

GOLS - Pedro Carmona, aos 35, Kayke, aos 37 e Marino, aos 46 minutos do primeiro tempo. Marcílio, aos quatro, Marino, aos 27 e Edno, aos 43 minutos do segundo tempo.

ÁRBITRO - Eduardo de Santana Nunes (SE)

CARTÕES AMARELOS - Sueliton (ABC); Júlio César, João Ananias e Hiltinho (Náutico).

RENDA - R$ 56.246,00

PÚBLICO - 4.544 (total)

LOCAL - Frasqueirão, em Natal (RN)

Tudo o que sabemos sobre:
futebolSérie BABCNáutico

Encontrou algum erro? Entre em contato

Comentários

Os comentários são exclusivos para assinantes do Estadão.

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.