ABC vence Ituiutaba e fica perto do título da Série C

Mesmo fora de casa, equipe de Natal faz 1 a 0 com gol de Cascata e agora joga por um empate em casa para levantar a taça

AE, Agência Estado

13 de novembro de 2010 | 21h01

No primeiro jogo da final do Campeonato Brasileiro da Série C, a terceira divisão nacional, o ABC deu um passo importante para conquistar a taça. Jogando na tarde deste sábado, no Estádio Parque do Sabiá, em Uberlândia, o time potiguar venceu o Ituiutaba, por 1 a 0. O jogo de volta acontece no próximo sábado, às 17 horas, no Estádio Frasqueirão, em Natal.

Com a vitória inicial, o time de Natal joga por um empate para ficar com o título, enquanto que a equipe mineira precisa vencer por diferença de dois gols. Se houver uma vitória do time mineiro, por 1 a 0, a taça será decidida nas cobranças de pênaltis. Seja qual for o campeão, ele será inédito, já que nenhum dos clubes possui a taça da Série C.

Além dos finalistas, os outros dois semifinalistas, Criciúma e Salgueiro, também garantiram o acesso para a Série B de 2011.

Essa foi a primeira derrota do time mineiro atuando como mandante nesta edição da competição. É bem verdade que não atuou dentro da Fazenda, na cidade de Ituiutaba,porque o estádio não comporta os 10 mil torcedores exigidos pelo regulamento. Além disso, a equipe não perdia desde a estreia na competição, quando foi derrotado por 2 a 1 pelo Luverdense-MT, fora de casa, no dia 18 de julho.

Neste sábado, o primeiro tempo teve maior domínio do Ituiutaba, que perdeu várias chances para abrir o placar. Por outro lado, o ABC também se manteve atento e teve oportunidades de gol, mas pecou nas finalizações.

Na etapa final, aos 26 minutos, Cascata, com um chute cruzado, fez o gol da vitória após receber passe de Leandrão.

O Ituiutaba ainda teve a chance do empatar, mas Totonho - artilheiro do time com três gols - desperdiçou uma cobrança de pênalti ao mandar a bola na trave.

Encontrou algum erro? Entre em contato

Comentários

Os comentários são exclusivos para assinantes do Estadão.

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.