Abel admite erros do Flu, mas vê derrota 'injusta'

O técnico Abel Braga reconheceu as falhas que levaram o Fluminense à derrota, diante do Internacional, na noite de sábado, mas considerou o resultado "injusto". Na avaliação do treinador, o time carioca jogou para buscar o empate em Macaé.

AE, Agência Estado

14 de julho de 2013 | 09h57

"O Inter tem jogadores qualificados que não desperdiçam. Mas nós jogamos bem desde o primeiro tempo. Que tivemos falhas pontuais, nós tivemos. Mas encurralamos, jogamos com bravura", afirmou o técnico.

"Foi uma equipe de guerreiros, de homens, mas tem coisas que acontecem. Ninguém aqui sai satisfeito, saímos tristes, mas temos que olhar com a razão. Não jogamos mal, foi injusto, disse Abel.

O Fluminense sofreu os três gols no primeiro tempo. Em dois dos lances, pelo menos, houve falha clara da defesa. Na primeira, Digão dominou mal a bola e "entregou" para Forlán, que entrou na área e marcou.

Na segunda, o mesmo Forlán contou com mal posicionamento do goleiro Diego Cavalieri para marcar um gol olímpico. "Foram três falhas individuais que nos prejudicaram muito. E todas no primeiro tempo. Muitas falhas para um tempo só", reclamou Abel.

Tudo o que sabemos sobre:
futebolFluminenseAbel Braga

Encontrou algum erro? Entre em contato

Comentários

Os comentários são exclusivos para assinantes do Estadão.

Tendências:

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.