Abel ainda não definiu quem jogará no lugar de Fabinho

O técnico do Inter, Abel Braga, mantém o mistério entre Índio ou Wellington Monteiro, sobre o substituto de Fabinho no meio-campo do Internacional para o segundo jogo das finais da Libertadores. Mesmo que não dê qualquer pista sobre quem ocupará a sua vaga, expulso na primeira partida, a tendência é que Wellington Monteiro seja o escalado, pois tem as mesmas características do titular: "Para manter o hábito, vamos divulgar o time minutos antes de sua entrada em campo", disse o monossilábico treinador, após o treino fechado deste domingo pela manhã.Seja quem for o titular para ocupar a vaga de Fabinho, o certo é que o time terá o Beira-Rio lotado para incentivá-lo contra o São Paulo. Na tarde do último sábado e na manhã deste domingo foram vendidos os últimos dos 58.500 ingressos disponibilizados para a decisão: "Quem não comprou até hoje, não adianta vir até o estádio, pois todos os bilhetes já foram comercializados", avisou o vice-presidente de Administração Giovanni Luigi.E o entusiasmo da torcida está empolgando também os jogadores que, mesmo com a vitória de 2 a 1 no jogo de ida, no Morumbi, dizem que não tem nada decidido: "Entendemos o torcedor, mas temos que encarar a situação com calma", disse o festejado atacante Rafael Sóbis, distribuindo dezenas de autógrafos para os torcedores e com muita pressa para ligar para o seu pai, Antônio, em Erechim, para dar os parabéns pelo dia dos pais: "É meu grande amigo e incentivador. Por isso, tenho que dar os parabéns a ele", acrescentou.O zagueiro Bolívar, antes de ir para casa com o filho Tales no colo, tinha, além do almoço em família, outra preocupação: a marcação sobre Aloísio, o provável substituto de Ricardo Oliveira no comando de ataque do São Paulo: "Ele (Aloísio) é muito perigoso, sabe jogar no corpo do zagueiro. Precisamos ter muita cautela para marcá-lo".O Internacional volta a treinar na segunda-feira em dois turnos, sempre de portões fechados.

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.