Abel assume o Inter e estuda reforços

O técnico Abel Braga desembarcou em Porto Alegre (RS) nesta terça-feira como substituto de Muricy Ramalho no Internacional. No primeiro dia de trabalho de sua terceira passagem pelo Beira-Rio, o treinador se reuniu com diretores do clube gaúcho para avaliar o grupo de jogadores e discutir dispensas e contratações. Em 2006, Abel terá a missão de ganhar a Copa Libertadores, velho sonho dos torcedores, e o título brasileiro, estágio superior ao vice-campeonato conquistado por Muricy neste ano.Ao contrário de 1988 e de 1994, quando assumiu o Internacional em meio às temporadas, desta vez Abel poderá montar o time à sua feição, a partir de uma base deixada por Muricy Ramalho. Ele pode perder o meia Jorge Wagner e o atacante Rafael Sobis, mas recebeu uma lista com dez nomes já avaliados pela diretoria para escolher pelo menos três reforços. O clube sonha com o zagueiro uruguaio Montero e com o meia Alex. Abel volta ao Rio de Janeiro nesta quarta-feira, mas vai usar os próximos dias para pensar nas peças que deseja encaixar em seu novo time e para passar os nomes aos dirigentes colorados.O acordo com o novo treinador foi fechado pelo presidente Fernando Carvalho na noite de segunda-feira, no Rio de Janeiro, poucas horas depois de Muricy anunciar que não voltaria a Porto Alegre. Na primeira vez que Abel treinou o Internacional foi vice-campeão brasileiro de 1988 e semifinalista da Libertadores em 1989. Embora não tenha títulos conquistados no Rio Grande do Sul no currículo, o treinador foi campeão estadual em Pernambuco (1987 e 1988), Paraná (1998 e 1999) e Rio de Janeiro (2004 e 2005).

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.