Fábio Motta/Estadão - 20/5/2013
Fábio Motta/Estadão - 20/5/2013

Abel Braga admite proposta do Al Ain, mas diz que fica no Fluminense

'Tenho contrato em vigor e não gostaria de quebrar. Nunca fiz isso', disse o treinador

AE, Agência Estado

18 de julho de 2013 | 20h17

RIO - O técnico do Fluminense, Abel Braga, confirmou nesta quinta-feira ter recebido uma proposta do Al Ain, dos Emirados Árabes, para deixar o clube. O treinador, entretanto, afirmou que recusou o convite e reiterou o interesse em permanecer nas Laranjeiras para buscar o título Brasileiro este ano.

"O Al Ain é o maior clube dos Emirados Árabes. Me perguntaram se eu ia aceitar. Falei: `Não, porque tenho contrato em vigor e não gostaria de quebrar. Nunca fiz isso''. Se amanhã eu achar que minha saída vai ser benéfica para o clube, serei o primeiro a reconhecer isso", disse o técnico.

Abel contou ter sido procurado em junho por três clubes dos Emirados. Entre 2008 e 2011, ele treinou o Al Jazira. "A relação aqui é muito boa, sou respeitado. Tenho a maioria do torcedor do meu lado. Estamos tentando fazer as atuações se transformarem em vitórias."

O técnico comandou coletivo nesta quinta, mais uma vez com Deco entre os titulares, que venceram por 2 a 1, gols de Fred e Rafael Sobis. O jovem Samuel marcou para os reservas. Deco ocupou a vaga de Rhayner, poupado com dores na coxa. "A entrada do Deco na equipe é natural pelo que ele vem rendendo nos treinos e nos jogos. Dá mais qualidade para o time, mais experiência", disse Abel.

Tudo o que sabemos sobre:
futebolFluminenseAbel Braga

Encontrou algum erro? Entre em contato

Comentários

Os comentários são exclusivos para assinantes do Estadão.

Tendências:

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.