Abel Braga admite que vitória do Inter foi 'injusta'

Os três pontos conquistados pelo Internacional na vitória por 1 a 0 sobre o Pelotas, na última quarta-feira, pelo Campeonato Gaúcho, deixaram o técnico Abel Braga satisfeito. O que o treinador não aprovou foi a atuação de sua equipe. Após a partida, ele inclusive admitiu que o resultado foi "injusto" e avaliou que o empate, que persistia até os acréscimos do segundo tempo, seria de fato um resultado mais merecido.

AE, Agência Estado

06 de fevereiro de 2014 | 11h36

"O Pelotas não merecia perder, tem que parabenizar estes jogadores, jogarem nesta intensidade com todo esse calor", declarou. "Tinha uma adversário muito bom pela frente, o resultado é injusto, o empate seria mais correto."

O Inter voltou a escalar uma equipe alternativa, repleta de jogadores do sub-23, e a atuação desagradou Abel Braga. O treinador saiu insatisfeito de campo, principalmente no primeiro tempo, e revelou ter dado "uma dura" nos seus comandados no vestiário, antes da etapa final.

"Ganhar de uma equipe cascuda dessas é complicado, tínhamos oito jogadores da base, não é fácil, o time deles é bom. Houve uma falha do goleiro deles, ganhamos, estamos contentes. Só não saí contente no intervalo, estávamos muito desorganizados, não me conheciam o bastante, mas depois da dura no intervalo eles puderam me conhecer um pouco mais", disse.

Encontrou algum erro? Entre em contato

Comentários

Os comentários são exclusivos para assinantes do Estadão.

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.