Abel Braga admite vexame histórico do Inter em 'dia ruim'

Abel Braga admite vexame histórico do Inter em 'dia ruim'

Treinador reconhece próprios erros, mas também não poupa atletas e promete "jogar pela dignidade" no próximo domingo

Estadão Conteúdo

10 de outubro de 2014 | 11h14

A impressionante derrota do Internacional por 5 a 0 para a Chapecoense, na noite de quinta-feira, no interior de Santa Catarina, pela 27ª rodada do Campeonato Brasileiro, abalou o técnico Abel Braga. Ele reconheceu que o seu time precisará carregar o peso desse vexame por muito tempo. "Essa marca negativa não vai ser esquecida tão cedo", afirmou.

Abel admitiu que o Inter teve péssima atuação diante da Chapecoense, reconheceu que também cometeu erros e só "aliviou" para as atuações de Alan Patrick e Alex na Arena Condá. "Tivemos dois jogadores num nível bom, Patrick e Alex. O treinador também teve um dia ruim", comentou.

Goleado, o Inter está em terceiro lugar no Campeonato Brasileiro, com 47 pontos. Sabendo que o seu time está sob intensa pressão, Abel prometeu que uma resposta será dada na partida do próximo domingo com o Fluminense, no Beira-Rio, pela 28ª rodada. "Vamos jogar pela nossa dignidade", disse.

Tudo o que sabemos sobre:
futebolBrasileirãoInterAbel Braga

Encontrou algum erro? Entre em contato

Comentários

Os comentários são exclusivos para assinantes do Estadão.

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.