Divulgação
Divulgação

Abel Braga aponta empate justo para o Internacional e absolve Vuaden

Para ele, os rivais fizeram um bom clássico na Arena Grêmio

Agência Estado

10 de fevereiro de 2014 | 10h13

PORTO ALEGRE - O técnico Abel Braga considerou o empate do Internacional por 1 a 1 com o Grêmio, domingo, pela sétima rodada do Campeonato Gaúcho, justo. Para ele, os rivais fizeram um bom clássico na Arena Grêmio, mesmo que ele tenha enxergado um leve predomínio do seu time na partida.

"Não tem como reclamar do resultado. No porcentual de quem foi melhor nos 90 minutos, talvez tenha sido a gente", disse Abel, que viu o Inter abrir o placar no primeiro tempo, quando não era superior ao Grêmio. Depois, o time sofreu o empate na etapa final, quando parecia ter o jogo sob controle.

O gol do adversário, aliás, marcado em cobrança de pênalti por Barcos, provocou revolta do meia D'Alessandro, que reclamou do árbitro Leandro Vuaden. Abel, porém, absolveu o juiz. "Vuaden é muito bom, não vamos colocar na arbitragem a responsabilidade do empate", afirmou.

O empate levou o Inter aos 19 pontos, na liderança do Grupo A do Campeonato Gaúcho. O time volta a entrar em campo no próximo sábado, às 21 horas, quando vai receber o Caxias, no Beira-Rio, no primeiro evento-teste do estádio, reformado para a Copa do Mundo.

Encontrou algum erro? Entre em contato

Comentários

Os comentários são exclusivos para assinantes do Estadão.

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.