Abel Braga: crise motivou demissão

O técnico Abel Braga negou nesta terça que tenha deixado o Botafogo por ter recebido alguma proposta de outro clube. De acordo com o treinador, sua decisão foi tomada de forma consciente e que a crise do Alvinegro foi o principal motivo da sua saída.Abel disse que já tinha conversado com o presidente Mauro Ney Palmeiro sobre a situação financeira do Botafogo. O treinador teria ajudado, por diversas vezes, alguns jogadores que passavam por dificuldades. Ele revelou que chegou a dar dinheiro para almoço e táxi aos atletas.Outro motivo para seu pedido de demissão foram as saídas de alguns jogadores titulares, casos do zagueiro Váldson e do goleiro Kléber. Abel disse que os atletas saíram do clube sem ser consultado ao mesmo tempo que ninguém era contratado para suprir essas ausências.

Agencia Estado,

09 de julho de 2002 | 18h46

Encontrou algum erro? Entre em contato

Tendências:

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.