Abel Braga critica CBF e tribunal

O técnico do Fluminense, Abel Braga, criticou nesta sexta-feira a Confederação Brasileira de Futebol (CBF) e a Justiça Desportiva por causa da realização de jogos do Campeonato Brasileiro com os portões fechados e também pela vitória do Vasco sobre o Brasiliense no tapetão - o confronto, dentro de campo, terminou empatado por 1 a 1."O campeonato começou bagunçado. Isso é negócio sério. Seriedade é legal. Gasta-se dinheiro para montar um elenco e disputar o título. E na primeira rodada já há problemas. Deixa para lá. Paciência. Vou procurar fazer a minha parte", declarou o treinador tricolor.Em relação à partida de domingo, contra o Cruzeiro, em Volta Redonda, que pode garantir a liderança isolada do Fluminense no Brasileiro, Abel Braga terá problemas para definir a escalação da equipe. O atacante Leandro, com dores na coxa esquerda, e o meia Juninho, machucado no joelho direito, devem desfalcar o clube das Laranjeiras.

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.