Abel Braga diz não ao Palmeiras

A diretoria do Palmeiras encontrou o primeiro obstáculo na briga luta para encontrar um substituto para o técnico Candinho, que deixou o clube na noite de ontem, depois da derrota para o Santo André, pela Libertadores da América. Na tarde desta quinta-feira, os dirigentes entraram em contato com Abel Braga, do Fluminense, e recebem um não como resposta. O contato foi confirmado pelo próprio Abel, segundo informação do Sportv. "Ele me convidaram, mas eu disse que estou empregado", limitou-se a dizer o treinador. A diretoria do clube paulista vai tentar agora a contratação de Cuca - desempregado desde que saiu do Flamengo, no final do Estadual.

Agencia Estado,

20 Abril 2005 | 15h07

Encontrou algum erro? Entre em contato

publicidade

publicidade

publicidade

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.