Ricardo Ayres/Divulgação
Ricardo Ayres/Divulgação

Abel Braga diz que derrota não abala Fluminense para a Libertadores

Tricolor foi surpreendido pelo Flamengo no clássico pelo Campeonato Carioca

AE, Agência Estado

15 de abril de 2013 | 09h28

VOLTA REDONDA - Depois de ver o eliminado Flamengo surpreender o Fluminense com uma vitória por 3 a 1, no último domingo, em Volta Redonda, o técnico Abel Braga negou que o resultado amargado no clássico poderá abalar a equipe que irá se preparar para enfrentar o Caracas, nesta quinta-feira, no Rio, em confronto decisivo pela Copa Libertadores.

"Não pode ter reflexo (a derrota). São competições diferentes. A atitude que ficou do nosso segundo tempo foi boa, não vai repercutir, porque não pode. Estamos acostumados a disputar competições em paralelo e na quinta temos um jogo fundamental", ressaltou o comandante, que chegou a ser expulso de campo, neste domingo, por excesso de reclamações com a arbitragem.

Abel também acabou reconhecendo que o Fluminense entrou em campo muito relaxado, pois já estava classificado por antecipação às semifinais da Taça Rio, o segundo turno do Campeonato Carioca. O treinador ainda apontou um possível desgaste, acumulado na partida da última quarta-feira, com o Grêmio, pela Libertadores, como outra razão para a atuação fraca no clássico.

"Não esperávamos o primeiro tempo ruim. Talvez tenhamos sentido um pouquinho o jogo com o Grêmio. Entramos classificados e o Flamengo tem um grande time, entrou leve, sem peso, fez um primeiro tempo brilhante. Mas é indiferente em relação à quinta. No segundo tempo, tivemos mais oportunidades, mais claras e eles aproveitaram os contra-ataques", analisou.

Encontrou algum erro? Entre em contato

Comentários

Os comentários são exclusivos para assinantes do Estadão.

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.