José Luis Saavedra/Reuters
José Luis Saavedra/Reuters

Abel Braga elogia desempenho e exalta reação do Fluminense no Chile

Técnico fica satisfeito com a garra da equipe na virada sobre o Huachipato por 2 a 1

AE, Agência Estado

28 de fevereiro de 2013 | 09h37

TALCAHUANO - O Fluminense sofreu para se recuperar na Copa Libertadores, mas conquistou uma importante vitória no Grupo 8 da competição ao vencer o Huachipato por 2 a 1, de virada, no Chile, na noite de quarta-feira, classificada como merecida pelo técnico Abel Braga. Ele lembrou que o time criou várias oportunidades de gol durante o duelo e destacou o espírito de luta da equipe.

"Tivemos um caráter extraordinário, um alma de competição muito grande. O que eu pedi a eles foi a alma competitiva do primeiro jogo. Sabíamos que ia ser difícil, como vai ser na quarta-feira, e se a vitória não tivesse vindo, seria totalmente injusto. No primeiro tempo, tivemos duas boas chances de marcar, mas no último lance levamos o gol. Mesmo com o placar desfavorável, conseguimos jogar melhor na segunda etapa, fazer os gols e sair com a vitória. Esse era um jogo de extrema importância para as duas equipes. Foi uma partida difícil, principalmente quando você joga com duas linhas de quatro. Ficamos muito felizes em ganhar", afirmou.

Após estrear na Libertadores com vitória sobre o Caracas na Venezuela (1 a 0), o Fluminense foi derrotado pelo Grêmio em casa (3 a 0). Por isso, o duelo com o Huachipato tinha caráter decisivo para o time carioca, que agora lidera o Grupo 8 com seis pontos, mas um jogo a mais do que as equipes carioca e venezuelana.

"Eu sempre coloco para vocês a importância que tem todo o grupo. Os jogadores foram extremamente realistas porque sabiam da necessidade de uma vitória e entrar em campo assim é sempre complicado. Mesmo essa equipe, que se conhece há muito tempo. Se conseguimos ter muitas chances de gol é porque o coletivo é muito forte", comentou.

Após se recuperar na Libertadores, o Fluminense volta suas atenções para o Campeonato Carioca. Neste sábado, a equipe vai enfrentar o Vasco, às 18h30, no Engenhão, pelas semifinais da Taça Guanabara.

Encontrou algum erro? Entre em contato

Comentários

Os comentários são exclusivos para assinantes do Estadão.

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.