Mailson Santana / Fluminense FC
Mailson Santana / Fluminense FC

Abel Braga exalta atuação do Fluminense em derrota: 'Demos aula de futebol'

"Esse resultado é mentiroso, se fosse um empate seria mentiroso também. Meu time finalizou 21 vezes, teve 60% de posse de bola. Olhei para a minha equipe no vestiário e senti orgulho"

Estadão Conteúdo

15 Maio 2018 | 09h18

O técnico Abel Braga deixou o campo satisfeito com o desempenho do Fluminense na derrota por 2 a 1 para o Botafogo na segunda-feira, no estádio do Engenhão, pela quinta rodada do Campeonato Brasileiro.

+ Confira a classificação do Campeonato Brasileiro

"Esse resultado é mentiroso, se fosse um empate seria mentiroso também. Meu time finalizou 21 vezes, teve 60% de posse de bola. Olhei para a minha equipe no vestiário e senti orgulho. O primeiro tempo foi uma brincadeira, eles finalizaram uma vez e fizeram o gol", desabafou.

Sobre o desempenho, o treinador lamentou o excesso de chances desperdiçadas pelo time tricolor. "Não merecíamos esse resultado. Estou orgulhoso de ser treinador dessa equipe. Corremos e jogamos muito, não perdemos o controle, o domínio, mas não tivemos a felicidade de colocar a bola para dentro. Foi um grande jogo. Eu quero isso, que o torcedor vá para casa orgulhoso", prosseguiu.

Abel destacou as atuações de Sornoza, Jadson e Gilberto e citou como exemplar os 45 minutos iniciais do Fluminense. "No primeiro tempo, o Fluminense deu uma aula de jogar futebol, com muitas jogadas de triangulação. Acho que desde o ano passado não vejo o Sornoza chutar tanto a gol. Foi um negócio incrível, muito positivo. O Jádson é aquele jogador que encanta, porque tudo que ele faz é muito simples. Ele não faz por beleza, faz por produção e objetividade. Fico feliz que tenham observado o Gilberto, o lado direito está realmente forte. O coletivo foi muito bem", disse.

Apesar de toda a empolgação do treinador, o Fluminense perdeu e a derrota deixou a equipe na nona colocação da tabela, com sete pontos, a três de distância do líder Flamengo. O time tricolor volta a campo no próximo domingo, quando receberá o Atlético-PR no Maracanã pela sexta rodada do Brasileirão.

Encontrou algum erro? Entre em contato

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.