Abel Braga exalta força do Fluminense como visitante

Depois de alcançar a vice-liderança do Brasileirão, o Fluminense projeta agora superar o líder Atlético-MG - está três pontos atrás (38 a 35). O próximo desafio será nesta quarta-feira, em Belo Horizonte, contra o Cruzeiro, que também luta pelas primeiras posições. Mas o técnico Abel Braga confia que seu time vai manter o bom desempenho como visitante: são cinco vitórias, dois empates e apenas uma derrota quando joga fora de casa no campeonato.

AE, Agência Estado

13 de agosto de 2012 | 19h37

"Tenho gostado muito do Fluminense fora de casa. Mas encarar o Cruzeiro não vai ser fácil. O Celso Roth fez algumas mudanças e o time respondeu bem. Mas vamos encará-los com disposição", afirmou Abel Braga, mostrando preocupação com o esquema tático montado pelo treinador do time mineiro.

O grande problema para Abel Braga é o alto número de jogadores lesionados no elenco do Fluminense. Na vitória por 1 a 0 sobre o Palmeiras, no domingo, o meia Wagner sentiu dores no joelho esquerdo e deixou o campo antes do final. Mas, se conseguir treinar nesta terça-feira, será relacionado para pegar o Cruzeiro.

Wagner, por sinal, só está no time titular em razão da lesão de Deco, que não volta em menos de uma semana, assim como os também contundidos Wellington Nem e Marcos Júnior. A boa notícia é a evolução do lateral Bruno e do zagueiro Anderson. Ambos estão iniciando a preparação física - eles estão afastados a cerca de 20 dias por causa de lesões musculares.

Tudo o que sabemos sobre:
futebolFluminenseAbel Braga

Encontrou algum erro? Entre em contato

Comentários

Os comentários são exclusivos para assinantes do Estadão.

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.