Abel Braga exalta garra mostrada por jogadores do Inter

Equipe consegue se classificar diretamente para a fase de grupos da Libertadores após fazer 2 a 1 no Figueirense, em virada heroica

Estadão Conteúdo

06 de dezembro de 2014 | 20h37

Depois da sofrida vitória de virada sobre o Figueirense, por 2 a 1, neste sábado, em Florianópolis, pela última rodada do Brasileirão, o técnico Abel Braga tratou de exaltar a garra e a dedicação dos jogadores do Inter. E também mostrou ter ficado emocionado com a relação que criou com o elenco ao longo desta temporada.

Com gols aos 41 e aos 49 minutos do segundo tempo, o Inter conseguiu a vitória deste sábado, que o deixou em terceiro lugar no Brasileirão - assim, entrará direto na fase de grupos da Libertadores. Após o jogo, no vestiário do Estádio Orlando Scarpelli, o meia argentino D'Alessandro, capitão do time, fez um discurso para Abel.

"Há muito tempo não escuto isso que escutei. No vestiário agora, recebi um troféu", revelou Abel, ao comentar sobre o discurso que D''Alessandro, como representante do elenco, fez para o treinador. "O que ele me disse foi aquilo que o grupo sente. O reconhecimento é o mais importante", disse o técnico, sem dar maiores detalhes do que foi falado.

" SRC="/CMS/ICONS/MM.PNG" STYLE="FLOAT: LEFT; MARGIN: 10PX 10PX 10PX 0PX;" CLASS="IMGEMBED

Ainda sem saber se continuará no comando do Inter - depende da eleição do clube, prevista para acontecer na semana que vem -, Abel disse ter ficado "muito feliz" com a campanha na temporada. "Nós não fomos mais longe porque cometemos erros. Mas em muitos jogos, como hoje, por exemplo, foi de muita luta, muito sacrifício dentro do campo", lembrou o técnico.

Tudo o que sabemos sobre:
futebolInterAbel BragaBrasileirão

Encontrou algum erro? Entre em contato

Comentários

Os comentários são exclusivos para assinantes do Estadão.

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.