Abel Braga minimiza sufoco em vitória sobre o Náutico

Abel Braga minimizou o sufoco sofrido pelo Fluminense no final da partida contra o Náutico, na noite de sábado. Para o treinador, o time carioca mereceu a vitória, por 2 a 1, resultado que garantiu a equipe na liderança isolada do Brasileirão.

AE, Agência Estado

23 de setembro de 2012 | 12h29

"No segundo tempo, o jogo estava controlado. Mas aí, tivemos erros de passe e eles fizeram o gol. Não podemos classificar o jogo pelos últimos dez minutos", comentou o técnico. "Para mim, o jogo hoje foi mais difícil que contra o Atlético-GO. Eu já disse isso no primeiro turno e digo de novo. O Náutico é uma equipe difícil, não desiste nunca. Então, a vitória tem um sabor especial".

Motivado pela vitória apertada, depois de um tropeço diante do lanterna Atlético-GO, Abel já projeta as duas próximas rodadas. O Fluminense terá dois clássicos pela frente, contra Flamengo e Botafogo, ambos no Engenhão.

"Prefiro enfrentar agora. No final, tem aquele negócio: você tem de ganhar do time do seu estado, pode dar o título do campeonato, e as coisas são mais complicadas. Vamos jogar o último contra o Vasco e o Atlético-MG vai jogar contra o Cruzeiro. Ninguém quer perder para o rival e ver ele ser campeão. Então, prefiro esses dois clássicos agora", avaliou.

Tudo o que sabemos sobre:
futebolFluminenseAbel Braga

Encontrou algum erro? Entre em contato

Comentários

Os comentários são exclusivos para assinantes do Estadão.

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.