Abel celebra reação do Fluminense no Equador e lamenta excesso de desfalques

Na próxima fase, tricolor carioca pode reencontrar a LDU, algoz nas finais da Libertadores 2008 e Copa Sul-Americana 2009

Estadão Conteúdo

27 de julho de 2017 | 10h18

Com a vantagem de ter vencido por 4 a 0 no Maracanã, o Fluminense não chegou a ter a sua classificação à próxima fase da Copa Sul-Americana ameaçada, mas o técnico Abel Braga reconheceu que o time foi dominado no início do triunfo, de virada, por 2 a 1 sobre o equatoriano Universidad Católica, em Quito. Ele destacou, porém, que a equipe assumiu o controle do jogo quando passou a atuar com três zagueiros, após a entrada de Renato Chaves, e lembrou que o time atuou com três novatos em jogos na América do Sul - Marlon Freitas, Frazan e Matheus Norton.

"Nos trinta primeiros minutos, eles foram absolutos, muito melhores, marcaram um gol e tiveram outras oportunidades. Nós nos recuperamos e marcamos nosso gol e no segundo tempo, fiz aquilo que faria no início, começar com três centrais justamente pela vantagem. Começamos a partida com três jogadores que nunca tinham jogado uma partida internacional em países Sul-Americanos, então, o importante é que conseguimos um bom resultado", comentou.

A escalação do três jogadores se deu pelo excesso de desfalques, algo que vem sendo rotineiro para Abel no Fluminense a apontado pelo treinador como fator decisivo para a oscilação da equipe na temporada.

"Tivemos muitos problemas de desfalque de grandes jogadores importantes para a equipe como Sornoza, Douglas, Lucas, jogadores que ajudam muito a parte técnica, fazem a diferença. Temos vivido um momento complicado de alguns jogos sem vitória, sabíamos que o adversário iria se atirar, seria muito difícil tirar a diferença, mas os jogadores do Universidad tentaram o resultado", disse.

Nas oitavas de final da Copa Sul-Americana, o Fluminense vai enfrentar a equipe que avançar na série entre Bolívar e LDU. O time carioca voltará a jogar no próximo domingo, quando vai visitar a Ponte Preta, no Moisés Lucarelli, pela 17ª rodada do Campeonato Brasileiro.

Encontrou algum erro? Entre em contato

Comentários

Os comentários são exclusivos para assinantes do Estadão.

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.