Nelson Pérez / Fluminense FC
Nelson Pérez / Fluminense FC

Abel critica ansiedade, mas exalta domínio do Fluminense após classificação

Treinador garantiu não ter dado puxão de orelhas no time durante o intervalo, apesar do 0 a 0 naquele momento

Estadao Conteudo

20 de abril de 2017 | 09h10

A classificação do Fluminense às oitavas de final da Copa do Brasil foi assegurada com a vitória por 3 a 0 sobre o Goiás, na noite de quarta-feira, no Maracanã, mas não sem dificuldades, tanto que os gols só saíram na etapa final. Após o triunfo, o técnico Abel Braga apontou que a ansiedade atrapalhou o desempenho da equipe, que cometeu muitos erros nos primeiros 45 minutos.

"Meu goleiro não fez uma defesa e eles praticamente não atacaram. A bola tinha que sair mais rápida no primeiro tempo. Começou a aparecer a ansiedade. Eu avisei: vamos pressionar, ter a bola. Pressa, não adianta. Hoje tivemos proposta de jogo de pressionar a saída de bola, com cinco ou seis jogadores no campo de defesa. Mas a movimentação foi pouca apesar do domínio. Era quase que uma linha só. Mas era preciso controlar a ansiedade, porque a bola ia acabar entrando e entrou. Sem ansiedade e sem pressa", disse.

Apesar dos erros e da preocupação em evitar a eliminação, Abel garantiu não ter dado um "puxão de orelhas" nos seus jogadores no intervalo. E a estratégia acabou dando certo, tanto que o time deslanchou na etapa final, quando marcou os seus gols com Henrique, Nogueira e Pedro. E o treinador reconheceu que a expulsão de um jogador do Goiás - Tony - quando o Fluminense já vencia por 2 a 0, facilitou a classificação da sua equipe, que havia perdido no Serra Dourada por 2 a 1.

"No intervalo, não teve bronca, não teve nada. Mesmo tendo feito algumas coisas erradas, era muito difícil eles suportarem. Estava difícil, sim, mas veio a expulsão e aí ficou bem mais fácil. A expulsão, apesar de justa, nos favoreceu, analisou. No jogo passado fizemos um jogo quase perfeito até a expulsão do Renato Chaves. Hoje em dia é muito difícil para um time com um homem a menos suportar um jogo", afirmou.

Classificado às oitavas de final da Copa do Brasil, o Fluminense vai conhecer o seu adversário ainda nesta quinta-feira, através de sorteio, na sede da CBF. O time volta a campo no próximo sábado, quando vai encarar o Vasco, no Maracanã, pelas semifinais do Campeonato Carioca.

Encontrou algum erro? Entre em contato

Comentários

Os comentários são exclusivos para assinantes do Estadão.

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.