Abel destaca profissionalismo do Fla

O técnico do Flamengo, Abel Braga, apontou o profissionalismo da equipe como o principal responsável pela conquista do Campeonato Carioca, neste domingo à tarde, no Maracanã, na vitória sobre o Vasco, por 3 a 1.Abel, que assumiu a direção do clube no final de 2003, obteve o quarto título estadual na carreira - já havia vencido por duas vezes em Pernambuco e uma no Paraná. "O maior fator para a vitória foi o ambiente. Não foi o esquema tático, nem o talento de Felipe, mas o profissionalismo desse grupo. A responsabilidade que todos os jogadores mostraram", disse.Durante a partida, o treinador chegou a ser repreendido pelo juiz Edilson Soares da Silva, por estar protestando à beira do gramado. Após o confronto, Abel aproveitou para desabafar e indiretamente condenou a atitude do técnico do Vasco, Geninho, que durante a semana foi flagrado sugerindo um jogador "pegar no tornozelo" do adversário. A atitude foi interpretada pelo treinador do Flamengo como uma instrução para atingir o meia Felipe. "O Coutinho (responsável por marcar Felipe) foi expulso e provou que aprendeu direitinho a lição", afirmou.O jogador vascaíno foi punido com o cartão vermelho após fazer uma violenta falta no meia rubro-negro. "O resultado está aí: ganhamos na bola e somos os campeões."Artilheiro - Feliz pela marcação dos três gols, que deram o título ao Flamengo, o atacante Jean destacou ter passado por problemas familiares, mas que se sentia recompensado por tudo. Aproveitou para oferecer o título a "Deus e a sua família". "Passei por um momento difícil na vida e consegui superar. Foi a partida mais importante da minha vida", comemorou Jean. "Agora é só festejar."

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.